Sete ônibus trazem sem-teto para protesto contra Copa

BSB Capital 15/05/2014 às 12:12, Atualizado em 15/05/2014 às 12:12

Cerca de 300 de manifestantes fazem um protesto contra a Copa do Mundo na manhã desta quinta-feira (15/5) no Eixo Monumental. O grupo, do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), também reivindica moradia. Durante a ocupação do edifício sede da Terracap, o grupo reclamou da ação da PM, pois entre os manifestantes há diversas mulheres com …

Sete ônibus trazem sem-teto para protesto contra Copa Leia mais »

20140515105150512121oCerca de 300 de manifestantes fazem um protesto contra a Copa do Mundo na manhã desta quinta-feira (15/5) no Eixo Monumental. O grupo, do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), também reivindica moradia.

Durante a ocupação do edifício sede da Terracap, o grupo reclamou da ação da PM, pois entre os manifestantes há diversas mulheres com crianças de colo. Os militares utilizaram cassetetes e spray de pimenta, que também atingiram as crianças.

De acordo com a Central Integrada de Atendimento e Despacho (Ciade) da Secretaria de Segurança Pública, os manifestantes se dividiram em dois grupos: uma parte está em frente ao Palácio do Buriti e outra está diante da sede da Terracap.

A Ciade informou que os manifestantes foram até o Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha em sete ônibus e duas vans. Da arena, os integrantes do MTST ocuparam uma faixa do Eixo Monumental para marchar até os locais onde realizam os protestos.

Segundo a Ciade, todas as forças de segurança do Distrito Federal foram mobilizadas para acompanhar a a manifestação: polícias civil e militar, Corpo de Bombeiros, Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF) e Departamento de Estradas e Rodagem (DER).

Segundo o diretor nacional do MTST, Edson Silva, o grupo é contra “os gastos excessivos da Copa do Mundo” e pede auditoria nas contas da Terracap.

Deixe um comentário

Rolar para cima