Cruzeiro empata no Mineirão e é eliminado pelo San Lorenzo

BSB Capital 15/05/2014 às 9:11, Atualizado em 15/05/2014 às 9:11

Nem mesmo a força de 45 mil torcedores foi suficiente para salvar o Cruzeiro da eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores da América na noite de quarta-feira. No Mineirão em festa, a equipe levou gol aos 9min, desperdiçou dezenas de chances e não passou do empate por 1 a 1 contra o San Lorenzo, …

Cruzeiro empata no Mineirão e é eliminado pelo San Lorenzo Leia mais »

Nem mesmo a força de 45 mil torcedores foi suficiente para salvar o Cruzeiro da eliminação nas quartas de final da Copa Libertadores da América na noite de quarta-feira. No Mineirão em festa, a equipe levou gol aos 9min, desperdiçou dezenas de chances e não passou do empate por 1 a 1 contra o San Lorenzo, resultado insuficiente para se manter na briga na competição continental.

O empate não serviu aos cruzeirenses porque, no jogo de ida, a equipe foi derrotado por 1 a 0. Em Belo Horizonte, o time levou gol logo no início e passou a precisar de vitória por 3 a 1 para avançar. Bruno Rodrigo empatou, mas quem avançou foi o San Lorenzo, que agora aguarda a definição do adversário: Lanús (Argentina) pega o Bolívar (Bolívia) nesta quinta; na ida, empataram por 1 a 1.

Marcelo Moreno perdeu chance incrível de gol

Desta vez, cai o último brasileiro vivo na Copa Libertadores. O País, que conquistou os últimos quatro títulos continentais (Atlético-MG, Corinthians, Santos e Internacional), está sem representante na semifinal pela primeira vez em 23 anos.

O Cruzeiro viu a situação se complicar muito logo aos 9min do primeiro tempo. Em bola cruzada na área, Piatti dominou pela esquerda, cortou a marcação de Ceará e bateu forte, no alto, para abrir o placar. Com o gol, o time mineiro precisaria fazer outros três. O San Lorenzo se postou defensivamente e, desde aquele momento, se preparou para suportar a pressão celeste no Mineirão.

O que se viu no restante do jogo, porém, foi uma série de gols incrivelmente desperdiçados. Ceará e Júlio Baptista finalizaram bolas rente à trave aos 15 e 27min. Éverton Ribeiro mandou a bola perigosamente por cima do travessão aos 38min. Aos 46min, Marcelo Moreno se esticou para desviar lançamento na área; a bola bateu na trave, correu em cima da linha e tocou no outro poste antes de sair.

Piatti acertou chute cruzado e levou a melhor contra Fábio no início do jogo

Foto: Reuters

O San Lorenzo também teve uma chance incrível desperdiçada no primeiro tempo. Aos 33min, em contra-ataque de três jogadores contra apenas um cruzeirense, Piatti recebeu cruzamento rasteiro na área e chutou mal; Fábio desviou com as pernas e evitou o segundo gol. No segundo tempo, a pressão se manteve intensa e demorou para dar resultados.

Apenas aos 25min o Cruzeiro conseguiu o primeiro gol, em cabeçada de Bruno Rodrigo após cruzamento na área. Antes, viu Willian ser pego em impedimento após ser bloqueado pelo goleiro Torrico e Moreno desperdiçar a sobra. Aos 9min, o San Lorenzo respondeu com chute perigoso de Correa após passe de Vilalba. Aos 19min, Moreno acertou o canto em finalização, mas Torrico apareceu bem de novo.

O goleiro do San Lorenzo ainda salvou cabeçadas de Dedé e Marcelo Moreno, aos 20 e 28min. O volume do Cruzeiro, que já era grande, ficou ainda maior quando o time argentino teve um jogador expulso aos 31min. Após discussão, Romagnoli deu tapa na cara de Moreno na frente do árbitro e recebeu o vermelho.

Deixe um comentário

Rolar para cima