Podemos quer Rodrigo Janot como candidato no DF

BSB Capital 01/12/2021 às 7:56, Atualizado em 30/11/2021 às 20:23

Ex-procurador-geral da República pretende disputar uma vaga no Legislativo por Minas Gerais, mas o partido tenta convencê-lo a ocupar o lugar de Reguffe no Senado

Ex-procurador-geral da República, Rodrigo Janot, durante sessão plenária do Supremo Tribunal Federal. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Partido de Sérgio Moro, o Podemos espera contar com Rodrigo Janot em seus quadros em 2022. Internamente, a legenda prefere que o ex-procurador-geral da República seja candidato pelo Distrito Federal. Janot, no entanto, sonha em concorrer por Minas Gerais – seu estado natal.

O cargo a ser disputado ainda está em discussão. Inicialmente, caso se candidate pelo DF, Janot deve concorrer ao Senado. Já em Minas Gerais, tentaria uma vaga na Câmara Federal.

Reguffe

O objetivo seria que Janot ocupasse o lugar do senador José Raguffe, mas o seu nome ainda encontra forte resistência interna. Ao menos duas polêmicas ainda reverberam e deixam os correligionários temerosos: o encontro de Janot com o advogado da JBS em um bar, e o dia em que teria ido armado ao STF para matar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

Líder do partido no senado, Álvaro Dias, no entanto, vê em Janot uma importante figura para a Lava Jato. O partido já acolheu o ex-juiz Sergio Moro e já tem marcado para o dia 10 a filiação do antigo procurador da força-tarefa, Deltan Dallagnol.

Partido da Lava Jato

Para filiar-se ao Podemos, Janot acertou os Alvaro Dias (PR), em reunião realizada no domingo (28). Inicialmente a filiação aconteceria ainda em 2021, mas foi adiada por uma estratégia do Podemos de fazer filiações importantes ao longo dos próximos meses, para se manter em evidência no cenário político.

O Podemos espera oficializar a chegada de Deltan Dallagnol no dia 10 de dezembro. A ideia do partido é canalizar o antipetismo em 2022.

Leia mais no Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima