Dieta cetogênica: saudável ou não?

mmPor ,18/08/2018 às 10:30, Atualizado em 17/08/2018 às 17:25

Consiste na eliminação de grupos alimentares fontes de carboidratos – frutas, verduras, cereais integrais e o famoso arroz com feijão

A dieta cetogênica é uma dieta terapêutica, constituída por uma alta quantidade de lipídeos, níveis baixos ou normais de proteína e baixa ou ausência de carboidratos.

Nessa dieta, ocorre uma substituição dos carboidratos, que são a principal fonte de energia do corpo e, quando em escassez, o organismo busca novas fontes de energia, como a quebra de gordura, que é transformada em corpos cetônicos para ser utilizada.

Esse tipo de dieta pode ser aplicada em alguns casos, quando em acompanhamento médico e nutricional, como no tratamento de resistência a insulina, controle glicêmico na diabetes, e em casos específicos de diminuição de crises epiléticas.

A dieta cetogênica consiste na eliminação de alguns grupos alimentares, principalmente as fontes de carboidratos, diminuindo, assim, o consumo de frutas e verduras, cereais integrais, e o nosso famoso arroz com feijão.

É necessário acompanhamento nutricional regular, por se tratar de uma alimentação com carácter restritivo, podendo ocasionar alguns efeitos como o aumento dos níveis de colesterol, litíase renal e atraso no crescimento.

Ressalta-se ainda a importância de não seguir “dietas da moda” ou impostas pela sociedade digital, que, na maioria das vezes são totalmente restritivas e não seguem um equilíbrio nutricional, sem antes saber informações confiáveis e precisas acerca de uma determinada alimentação ou hábito alimentar.

Antes de iniciar qualquer tipo de dieta, procure um nutricionista, para que medidas adequadas sejam tomadas, avaliando se uma dieta cetogênica, por exemplo, é ou não adequada para o seu caso, pois a individualidade deve ser sempre priorizada.

E, por fim, um questionamento: por que as pessoas ainda seguem determinados padrões alimentares esperando milagre?!

Deixe um comentário

Rolar para cima