Após protestos, Uber diminui tarifa de passageira do DF

bsbcapitalPor ,02/01/2016 às 20:02, Atualizado em 09/07/2016 às 3:40

Aplicativo diminuiu de R$ 198 para R$ 98 o valor da corrida de uma passageira   O ano começou conturbado para quem usou o aplicativo Uber na noite de réveillon. As reclamações da agente de viagens Aline Souza, porém, já surtiram efeito. O aplicativo havia cobrado R$ 198 pelo trajeto de Águas Claras até a …

Após protestos, Uber diminui tarifa de passageira do DF Leia mais »

Aplicativo diminuiu de R$ 198 para R$ 98 o valor da corrida de uma passageira
 
Aline havia pagado R$ 198 pela corrida. Foto: Divulgação
Aline havia pagado R$ 198 pela corrida. Foto: Divulgação

O ano começou conturbado para quem usou o aplicativo Uber na noite de réveillon. As reclamações da agente de viagens Aline Souza, porém, já surtiram efeito. O aplicativo havia cobrado R$ 198 pelo trajeto de Águas Claras até a boate Bamboa, no Setor Hípico, no dia 31 de dezembro. Após os protestos de Aline, o Uber corrigiu a tarifa para R$ 98.

No mesmo dia e horário, uma amiga da Aline também solicitou um carro do Uber para sair do mesmo local de Águas Claras para a boate no Setor Hípico. A tarifa cobrada por este segundo carro foi de R$ 335. Depois das reclamações, o Uber diminuiu o preço para R$ 251, porém Aline ainda não se deu por satisfeita. “Nós enviamos outro e-mail pedindo para abaixarem a tarifa, pelo menos, para os R$ 98 que cobraram do primeiro carro. Esperamos que eles corrijam”, conta.

Outra passageira que se sentiu prejudicada pelo aplicativo foi a arquiteta Daniela Rodrigues. Ela pagou incríveis R$ 556 para ir de Águas Claras para o Pontão do Lago Sul. No caso de Daniela, o Uber diminuiu o preço em 25%, e reembolsou a arquiteta em R$ 141.

Para reclamar              

Se você também se sentiu prejudicado pela cobrança da ‘tarifa dinâmica’ do Uber, onde o preço aumenta para incentivar motoristas a trabalharem, pode reclamar usando o próprio aplicativo.

Após reclamações, preço diminuiu R$ 150. Foto: Divulgação
Após reclamações, preço diminuiu R$ 150. Foto: Divulgação

Aline explica que clicando no histórico do aplicativo e no link ajuda o passageiro pode fazer o relato e solicitar a correção da tarifa. O Uber pede três dias para responder.

Deixe um comentário

Rolar para cima