A volta do Trio Siridó

BSB Capital 29/06/2022 às 14:13, Atualizado em 30/06/2022 às 10:35

Tradicional grupo de forró de Ceilândia celebra 50 anos retomando apresentações presenciais

Torres Rojão, único integrante da formação original. Foto: Divulgação.

Diva Araújo

No mês em que o forró e a cultura nordestina são celebrados e dominam os palcos em grande parte do Brasil, volta aos palcos um dos grupos mais tradicionais do Distrito Federal: o Trio Siridó, que completa 50 anos de muito ritmo e molejo. Da formação original, permanece apenas o vocalista Torres Rojão, de 79 anos.

As comemorações dos 50 anos do Trio Siridó começaram na 5ª edição do São João do Guará. Devido à pandemia de covid-19 nos últimos dois anos, o trio apostou em lives, e retornar aos palcos é uma grande alegria para Torres. “O forró é a vitamina para a minha vida”, resume o músico, que, além de cantar, toca triângulo, “para embalar o meu coração e dos amantes desse ritmo”.

Torres Rojão, fundador do Trio Siridó. Foto: Divulgação.

No último fim de semana, além de se apresentar no São João do Guará, o trio tocou no Arraiá da Casa do Ceará, na Asa Norte. A agenda de shows do grupo e possíveis agendamentos está disponível no canal do Instagram @triosirido. “Estamos sempre prontos para levar a alegria aonde formos convidados”, diz Torres com sua inconfundível voz grave e rouca.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima