Suplicy defende Mano Brown: “maior respeito aos negros”

bsbcapitalPor ,07/04/2015 às 15:29, Atualizado em 07/04/2015 às 15:29

O secretário de Direitos Humanos da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), se manifestou na manhã desta terça-feira por meio de sua conta no Facebook sobre a detenção do rapper Mano Brown , dos Racionais MCs, na noite dessa segunda-feira. Segundo o político, Brown foi abordado quando ia à farmácia comprar remédio para sua …

Suplicy defende Mano Brown: “maior respeito aos negros” Leia mais »

manobrowndelegacialuizclaudiobarbosafutO secretário de Direitos Humanos da cidade de São Paulo, Eduardo Suplicy (PT), se manifestou na manhã desta terça-feira por meio de sua conta no Facebook sobre a detenção do rapper Mano Brown , dos Racionais MCs, na noite dessa segunda-feira. Segundo o político, Brown foi abordado quando ia à farmácia comprar remédio para sua mãe, que esteve hospitalizada.

“No caminho, foi parado por batalhão de PMs. Abriu os vidros, desceu do carro. Mandaram ele elevar os braços por trás da cabeça. Brown pediu para não tocarem nele. Um forte policial deu-lhe um mata leão e o derrubou no chão. Diversos passaram a ofende-lo. Algemaram-no e o levaram ao 37º DP, no Campo Limpo”, relatou o secretário, que foi até a delegacia para dar apoio ao músico.

“Maior respeito e civilidade especialmente aos negros se faz necessário. O fato de o exame de saúde da carteira de habilitação estar vencido não justificava aquele procedimento”, disse Suplicy.

Segundo a Polícia, Mano Brown estava com a habilitação e licenciamento do carro vencidos. A abordagem ocorreu na avenida Carlos Caldeira Filho, na zona sul da capital paulista.

Deixe um comentário

Rolar para cima