Sorte ou merecimento?

mmPor ,04/06/2016 às 9:22, Atualizado em 09/07/2016 às 3:54

Este é um assunto recorrente que sempre cabe uma contribuição para qualificar o debate. Para o Dr. Lair Ribeiro, “sorte não existe. Sorte é quando a preparação encontra a oportunidade”. Tem razão o Dr. Lair. Se a oportunidade aparecer e você não estiver preparado, nada irá acontecer. Para o médium Norberto Peixoto, no livro “Apometria”, …

Sorte ou merecimento? Leia mais »

Este é um assunto recorrente que sempre cabe uma contribuição para qualificar o debate. Para o Dr. Lair Ribeiro, “sorte não existe. Sorte é quando a preparação encontra a oportunidade”. Tem razão o Dr. Lair. Se a oportunidade aparecer e você não estiver preparado, nada irá acontecer.

Para o médium Norberto Peixoto, no livro “Apometria”, sorte nada mais é do que uma colheita: Merecimento. “Para merecermos uma vida melhor e sem tantos percalços, comecemos a produzir e a praticar bons princípios. Tudo começa e termina em nós mesmos. Se você proceder corretamente, vai ter sorte”, ensina.

Costumamos  reclamar muito para reivindicar nossos direitos, mas dificilmente fazemos um exame de consciência para nos perguntarmos se realmente fazemos o nosso dever para merecer aquilo que reclamamos! Normalmente, aqueles que reclamam e gritam mais são os que merecem menos.

Precisamos sofrer para aprender? Precisamos amar para sermos felizes? O livre-arbítrio é uma opção, uma decisão sobre a quem queremos servir: o Deus que está na luz ou o Deus que está nas trevas? Somos livres para escolher, e os únicos responsáveis por nossas vitórias e/ou derrotas.

Na vida humana, nada acontece por acaso, e tudo tem uma razão de ser e existir. Conforme as leis divinas, e principalmente pela Lei de Causa e Efeito, somos hoje a soma do que temos sido. Na maioria das vezes, nossas escolhas têm um fundo muito egoísta, vendo sempre o que é melhor para nós, sem levarmos em conta os outros.

“Tudo o que fazemos tem consequências. A realidade nem sempre corresponde aos nossos desejos, e aceitar isso é um passo fundamental para o crescimento, para a maturidade e para o alcance de um estado de equilíbrio interior”.

 


Aprendendo com os grandes mestres


A vida não tem sentido?


Superando as frustrações afetivas


 

Deixe um comentário

Rolar para cima