Pelaí: Júlia Lucy procura partido

BSB Capital 19/03/2022 às 9:00, Atualizado em 19/03/2022 às 10:29

Em primeiro mandato e sem legenda, Júlia Lucy procura um partido

Nada feito

Apesar de “O Antagonista” ter cravado que ACM Neto e Lula teriam fechado acordo para garantir a vitória do ex-prefeito de Salvador na disputa pelo governo da Bahia, fontes do União Brasil negam. A verdade é que Jacques Wagner abriu mão da candidatura ao perceber que o atual governador Rui Costa estaria colocando as asinhas de fora. Wagner quis mostrar quem é que canta de galo no terreiro baiano.

Solteirona

Expulsa do Partido Novo, a deputada Júlia Lucy lançou em suas redes sociais uma questão: “com quem eu devo me casar?”. Lucy não está à procura de um marido e, apesar do tom amoroso, a plataforma usada para a pergunta não foi o Tinder. Em primeiro mandato e sem legenda, ela procura um partido. Internautas sugeriram várias siglas. Do centro à direita, praticamente todas foram citadas. Recentemente, a distrital foi cotada no União Brasil. Mas não deve se filiar à legenda fruto da fusão entre DEM e PSL.

Foto: Divulgação

Família, família, política à parte

A secretária da Mulher, Ericka Filippelli, vai deixar o MDB e concorrer a uma vaga na Câmara Legislativa, disputando uma das 24 cadeiras com o sogro, Tadeu Filippelli. O ex-vice-governador decidiu ficar no partido mesmo depois de perder a presidência para Rafael Prudente. O MDB promete ter candidato próprio à Presidência da República, o que não impediria Ibaneis Rocha de fazer palanque para Bolsonaro.

Aqui se faz…

A deputada Jaqueline Silva tem encontrado dificuldade para arrumar uma legenda para disputar a reeleição. Seus desafetos espalham o boato de que ela “não cumpre acordos”. Por isso, muitos dirigentes partidários não estão dispostos a conceder sigla para ela. Jaqueline é persona non grata no PTB, após discutir com o cacique Roberto Jefferson. Também dificulta a vida da distrital a formação de nominatas em torno de seu nome, por ela ter tido expressiva votação em 2018.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima