Orquestra Sinfônica homenageia Águas Claras

mmPor ,25/04/2018 às 12:54, Atualizado em 26/04/2018 às 18:38

Apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro acontecerá no Parque Ecológico de Águas Claras às 18h de sábado (28). Haverá também atividades diversas, como aulas de dança, teatro, coral e palestras (Leia programação no final do texto)

Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro, em apresentação no Lago Sul. Foto: Gabriel Jabur/Agencia Brasilia

 

O Parque Ecológico de Águas Claras recebe, às 18 horas de sábado (28), apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro. Será a segunda edição do projeto Parque Cultural, que reunirá, ao longo de todo o dia, atividades diversas, como aulas de dança, teatro, coral, palestras, feira de orgânicos, avaliações físicas e distribuição de mudas. O evento é gratuito, mas os organizadores sugerem que os participantes levem pelo menos 1 quilo de alimento não perecível, além de agasalhos e tênis, que serão distribuídos a entidades socioassistenciais.

Uma das atrações será o Espaço Sustentabilidade, área destinada a aulas de educação ambiental onde vai ser possível conhecer curiosidades sobre as bacias hidrográficas, tratar da importância do Cerrado e saber como cuidar da água. No parque também haverá uma praça de alimentação, com food trucks e distribuição gratuita de água potável, por meio do apoio da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb). O projeto Parque Cultural é fruto de parceria do Instituto Brasília Ambiental (Ibram) com as Secretarias do Meio Ambiente e de Cultura, o Corpo de Bombeiros, a Polícia Militar e as respectivas administrações regionais, além de organizações sociais.

Alunos dos cursos de educação física, enfermagem, estética, farmácia, fisioterapia, letras, nutrição e pedagogia de uma universidade particular promoverão ações como aferição de pressão arterial, avaliação física, cuidados com o corpo, massagens e oficinas gratuitas de maquiagem. Também fazem parte da agenda do evento de sábado caminhadas guiadas pelas vias do parque, incluindo a observação de pássaros com o projeto Vamos Passarinhar. Os organizadores sugerem ao público levar cangas, toalhas, banquinhos individuais e copos para consumo de líquidos — o objetivo é evitar acúmulo de lixo e estimular a prática de atitudes sustentáveis.

Deixe um comentário

Rolar para cima