Desemprego no DF tem ligeira queda

BSB Capital 22/02/2022 às 12:13, Atualizado em 22/02/2022 às 12:13

Índice de 1,1% foi apurado no período de janeiro de 2021 a janeiro de 2022.

Índice de 1,1% foi apurado no período de janeiro de 2021 a janeiro de 2022.

Da Redação

A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) e o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) apresentaram, nesta terça-feira (22), os resultados da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED-DF) da Área Metropolitana de Brasília, que engloba as 33 regiões administrativas do DF e algumas cidades do Entorno. 

De acordo com a pesquisa, a taxa de desemprego no DF teve leve queda de 1,1 ponto percentual (p.p), de janeiro de 2021 a janeiro de 2022, impulsionada pelo aumento do nível ocupacional. Foram criados 73 mil novos postos de trabalho no período. 

O índice foi superior ao acréscimo da População Economicamente Ativa (PEA), ou seja, 64 mil pessoas ingressaram no mercado de trabalho), elevando a estimativa de pessoas ocupadas de 1.314 mil para 1.387 mil nos últimos doze meses. O número de desempregados caiu de 291 mil para 283 mil.

O aumento na ocupação derivou do crescimento nos serviços, no comércio e reparação, na construção e na indústria de transformação; e, segundo a forma de inserção, do crescimento do assalariamento no setor privado com e sem carteira assinada e do agregado das demais posições.

A taxa de participação leva em conta pessoas com idade a partir dos 14 anos incorporadas ao mercado de trabalho. Esse índice também teve um acréscimo de 64% para 65,5%.

Em janeiro deste ano, o mercado de trabalho do DF agregava 1,67 milhão de pessoas como ocupadas ou desempregadas, volume superior ao observado no mês anterior. 

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima