Começa operação tapa buracos em Vicente Pires

bsbcapitalPor ,05/03/2015 às 17:47, Atualizado em 05/03/2015 às 17:47

Medida é emergencial e licitação para asfalto definitivo está em andamento Três equipes da Novacap já estão em Vicente Pires para começarem a operação tapa buracos na cidade. “Já estamos trabalhando hoje (5), trouxemos três equipes para o trabalho emergencial porque as obras definitivas vão começar no mês de maio”, explicou Hermes de Paula, presidente da Novacap. Ele …

Começa operação tapa buracos em Vicente Pires Leia mais »

Medida é emergencial e licitação para asfalto definitivo está em andamento

Três equipes da Novacap já estão em Vicente Pires para começarem a operação tapa buracos na cidade. “Já estamos trabalhando hoje (5), trouxemos três equipes para o trabalho emergencial porque as obras definitivas vão começar no mês de maio”, explicou Hermes de Paula, presidente da Novacap. Ele participou da reunião realizada na administração da cidade, na manhã desta quinta-feira.

A operação tapa buracos é uma medida emergencial, não sendo política definitiva do governo no que se refere à manutenção das vias públicas do Distrito Federal. Após a aplicação da camada asfáltica, serão colocados os meios-fios, que também auxiliam o direcionamento das águas pluviais.

Segundo o presidente da Novacap, o que será feito em Vicente Pires é uma obra emergencial. “Não podemos iniciar nada de forma definitiva porque temos problemas graves aqui com vias feitas de forma aleatória e sem acompanhamento técnico que terminam provocando verdadeiros transtornos à população com um asfalto sem qualidade e ruas cheias de buracos e erosões”.

Obras definitivas começam em maio

A Novacap, por determinação da Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sinesp), também está conduzindo a licitação para a realização de obras de drenagem, pavimentação e assentamento de meios-fios das vias de Vicente Pires, após a emissão da Licença Ambiental de instalação, expedida no segundo semestre de 2014.

A licitação encontra-se em fase de habilitação das empresas concorrentes sob os aspectos técnico, financeiro e fiscal. A previsão é que esta etapa esteja concluída até o final de março. Portanto, a fase de abertura da proposta financeira deverá ocorrer no início de abril. Se não houver recursos judiciais por parte das empresas, as obras deverão ser iniciadas em meados de maio de 2015.

“É um trabalho estrutural definitivo, que é o sistema de drenagem e pavimentação que começa em maio na região do Jóquei. As bacias 1, 2, 3 e 4 de Vicente Pires ficarão para um outro momento porque ainda temos que obter a licença de instalação já que houve modificações do urbanismo aqui”, explicou Hermes.

Deixe um comentário

Rolar para cima