Chove no Cantareira e nível do sistema passa de 10,8% para 11,1%

bsbcapitalPor ,26/02/2015 às 17:12, Atualizado em 26/02/2015 às 17:12

Voltou a chover no Cantareira pelo segundo dia seguido e o volume dos reservatórios passou de 10,8% para 11,1% nesta quinta-feira (26), segundo boletim diário divulgado pela Sabesp. Nesta terça (24), o conjunto de represas recuperou o 2º volume morto, mas o ritmo de alta desta semana vem sendo menor que o da semana passada. …

Chove no Cantareira e nível do sistema passa de 10,8% para 11,1% Leia mais »

Voltou a chover no Cantareira pelo segundo dia seguido e o volume dos reservatórios passou de 10,8% para 11,1% nesta quinta-feira (26), segundo boletim diário divulgado pela Sabesp. Nesta terça (24), o conjunto de represas recuperou o 2º volume morto, mas o ritmo de alta desta semana vem sendo menor que o da semana passada.

Além da chuva atipicamente alta para fevereiro, 47% acima da média histórica para o mês todo, o sistema se beneficia do aumento da vazão dos rios que desaguam em seus reservatórios.

A menor captação de água nas represas e a redução de pressão na rede em São Paulo também contribuem para a alta. A captação, segundo o diretor metropolitano da Sabesp, Paulo Massato, caiu de 31,8 metros cúbicos por segundo para 14 metros cúbicos por segundo. Já a diminuição de pressão, considerada pela empresa como a medida mais importante para poupar água, chegou a ficar abaixo do ecomendado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Deixe um comentário

Rolar para cima