Chocolate não é o vilão das dietas

BSB Capital 30/03/2022 às 10:55, Atualizado em 30/03/2022 às 14:43

Você pode, sim, se deliciar com os ovos de Páscoa sem comprometer a balança. Confira!

Caroline Romeiro (*)

Tenho certeza de que a maior parte dos nossos leitores tem uma quedinha por essa especiaria dos deuses que é o chocolate. Acertei? Pois é! A Páscoa está chegando, e no Brasil nós temos a cultura do chocolate. A questão é que, muitas vezes, ele é considerado o vilão das dietas. Será?

A resposta é não. Nem todos os chocolates são iguais. A ingestão de doces cabe tranquilamente numa rotina saudável e, além da moderação, existem dois outros pontos que valem ser destacados: escolha comer chocolate após uma grande refeição, tal como o almoço, pois as fibras e compostos bioativos presentes nos vegetais dessa refeição podem ajudar a controlar os picos de açúcar no sangue; e preste atenção à lista de ingredientes – escolha aqueles com maior concentração de cacau.

Chocolates com mais de 70% de cacau são os melhores, e são considerados amargos. Caso o primeiro ingrediente da lista seja o açúcar, significa que é o que está em maior quantidade – é importante reforçar que os benefícios do chocolate vêm do cacau, e não do açúcar! Por isso, prefira os amargos, que são melhores para a sua saúde!

Foto: Niko Ceva

P.S.: Apesar de ter havido queda nas vendas de ovos de chocolate nos últimos anos, por causa dos preços “nas alturas”, chocolate ainda faz parte da cultura alimentar que permeia a Páscoa. Se puder, curta o momento da forma mais saudável possível.

(*) Presidente do Conselho Regional de Nutricionistas 1a Região

Instagram: @carolromeiro_nutricionista

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima