Mesmo depois da Operação Dubai, preço da gasolina sobe nos postos do Distrito Federal

bsbcapitalPor ,07/01/2016 às 10:03, Atualizado em 09/07/2016 às 3:40

Alguns postos de combustíveis do Distrito Federal amanheceram nesta quinta-feira (7) com o preço da gasolina e do álcool reajustados. A gasolina chega a custar R$ 3,97 o litro, R$ 0,20 a mais do que ontem e 6% mais caro. O álcool passou a custar R$ 3,39. O fato contrariou todas as expectativas que surgiram …

Mesmo depois da Operação Dubai, preço da gasolina sobe nos postos do Distrito Federal Leia mais »

Alguns postos de combustíveis do Distrito Federal amanheceram nesta quinta-feira (7) com o preço da gasolina e do álcool reajustados. A gasolina chega a custar R$ 3,97 o litro, R$ 0,20 a mais do que ontem e 6% mais caro. O álcool passou a custar R$ 3,39.

O fato contrariou todas as expectativas que surgiram após a Operação Dubai da Polícia Federal desmontar um esquema de cartel nos postos do DF e do entorno.

Em fevereiro do ano passado, a Câmara Legislativa aprovou  projeto do Executivo aumentando a alíquota do imposto pago na gasolina de 25% para 28%, e no diesel, de 12% para 15%. A mudança valeria a partir de 1º de janeiro de 2016.

Outra explicação é que o Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) atualizou a tabela de preços dos combustíveis que serve de base para a cobrança do ICMS nas refinarias, o que daria um reajuste de R$ 0,06 no produto.

O Confaz é formado por representantes das secretárias estaduais de Fazenda. O valor estabelecido na tabela leva em conta as características de produção e custo de transporte de cada estado. Neste valor médio, não é considerada a margem de lucro dos donos dos postos de combustíveis.

O último reajuste no preço dos combustíveis autorizado pela Petrobras foi autorizado no dia 29 de setembro do ano passado, quando o preço subiu 6% nas refinarias, e o preço da gasolina chegou a R$ 3,59.


Leia mais notícias:


Rollemberg nomeia psicóloga para comandar a secretaria de Segurança


Segurança suspeito de estupro em festa diz que ato foi consentido. Denunciante rebate: é um absurdo


 

Deixe um comentário

Rolar para cima