HIV e sífilis ameaçam o DF, além da covid e da dengue

É urgente a necessidade de reorganizar a rede de atendimento, suprir o déficit de profissionais e regularizar o abastecimento e a distribuição de medicamentos, reagentes e demais insumos na rede pública do DF