PT deve submeter novamente nome de Rosilene e Magela para disputa ao Buriti

BSB Capital08/04/2022 às 19:09, Atualizado em 12/04/2022 às 15:09

A Executiva Regional do PT irá marcar na próxima segunda-feira (11/04) o Encontro de Tática Eleitoral que aprovará a pré-candidatura que o partido oferecerá para a discussão com a Direção Nacional do PT

Depois de anular a indicação do nome de Rosilene Corrêa ao Palácio do Buriti, o Partido dos Trabalhadores reunirá novamente suas lideranças para referendar ou não o nome dela, que rivaliza com Geraldo Magela nessa corrida ao Governo do Distrito Federal pela legenda.

A Executiva Regional do PT irá marcar na próxima segunda-feira (11/04) o Encontro de Tática Eleitoral que aprovará a pré-candidatura que o partido oferecerá para a discussão com a Direção Nacional do PT, com a federação partidária e os partidos aliados, sendo Rosilene ou o próprio Magela. Após a escolha, o nome deles serão subordinadas ao Encontro Democrático do PT do Diretório Regional.

A informação foi divulgada há pouco em nota divulgada pelo Partido dos Trabalhadores. Veja a íntegra aqui:

“O Partido dos Trabalhadores do Distrito Federal continua o seu processo democrático interno de discussão sobre a tática eleitoral. As comissões de trabalho indicadas pelo Diretório Regional, desde abril de 2021, mantém o andamento pleno de suas atividades de construção do programa de governo, de composição das chapas proporcionais e da negociação com a federação partidária e os partidos aliados sobre uma chapa majoritária.

O PT/DF, portanto, avança na consolidação da estratégia nacional, na qual a prioridade é a candidatura Lula Presidente. Aqui o partido se prepara para essa tarefa se organizando para ser competitivo nas eleições e articulando a unidade do campo de esquerda no DF.

Como parte da discussão da tática eleitoral o partido vem discutindo desde o ano passado, de maneira legítima e democrática, duas pré-candidaturas ao GDF.

Com o intuito de prosseguir nas articulações que garantam um palanque forte para a candidatura a presidente de Lula o Diretório Regional já apontou (sem nenhum voto contrário) a candidatura de Rosilene Correa ao Governo do DF e, ao mesmo tempo, buscou antecipar a realização do Encontro de Tática Eleitoral que é a instância soberana para definir a indicação de pré-candidatura do partido.

No entanto, a executiva nacional do PT, considerando a prioridade da estratégia definida para a candidatura a Presidente, entendeu que não caberia antecipação e encaminhou que o PT/DF seguisse o calendário dos encontros estaduais aprovado pelo Diretório Nacional.

Sendo assim, a executiva regional se reúne nessa próxima segunda-feira (11/04) para marcar o Encontro de Tática Eleitoral que dentre outras pautas aprovará a pré-candidatura que o partido oferecerá para a discussão com a Direção Nacional do PT, com a federação partidária e os partidos aliados. Nesse sentido, as pré-candidaturas de ROSILENE CORRÊA e Magela estão mantidas e serão subordinadas ao Encontro Democrático do PT

“Seguimos com o debate democrático que é a essência do Partido dos Trabalhadores”.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima