Frente Parlamentar convoca Fórum de Desenvolvimento do Semiárido

bsbcapitalPor ,28/10/2020 às 14:53, Atualizado em 28/10/2020 às 14:53

Evento foi confirmado para dezembro, em Mossoró (RN), com ampla participação da sociedade

Foto: Divulgação

A Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido marcou para os das 3 a 5 de dezembro o Fórum de Desenvolvimento do Semiárido 2020. O evento, organizado pela Companhia do Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf) e realizado pelo Instituto Sagres, ocorrerá em Mossoró (RN), considerada a capital nacional do semiárido.

O crescimento econômico e social daquela região é visto como o motor de partida para um novo movimento de crescimento nacional, auxiliando na realização do que parecia instransponível por décadas. Apesar das características físico-climáticas desfavoráveis para o desenvolvimento de atividades agrícolas, e sua elevada densidade populacional (em comparação às regiões semiáridas do planeta), a proposta do Fórum e do Plano de Desenvolvimento do Semiárido é baseada no planejamento, na intervenção humana e hídrica, em parcerias e muita tecnologia.

A meta é transformar o semiárido na nova fronteira do agronegócio no Brasil, um celeiro de oportunidades em ascensão. Por isso, o Fórum receberá palestrantes, especialistas, técnicos e autoridades de todo Brasil para a troca de conhecimento, identificação dos problemas e a convergência de propostas dos diferentes agentes, públicos e privados, interessados em desenvolver ações de fomento a investimentos multissetoriais, em empreendimentos para atualizar o Programa de Desenvolvimento do Semiárido (PDS).

Serão 2 dias de debates e discussões sobre os 13 Eixos Temáticos selecionados: Recursos Hídricos, Energia, Agronegócio, Mercado, Relações Exteriores (comércio), Recursos Minerais, Segurança – Jurídica e Fundiária, Educação – Capacitação Turismo, Transporte e Logística, Novas tecnologias e Inovação, Comunicação -TI e Meio Ambiente.

O evento propiciará a apresentação e o debate de propostas que subsidiarão a atualização do PDS, que tem como objetivo aproveitar as possibilidades econômicas da região e alcançar as metas socioeconômicas, hídricas e ambientais, por meio de ações e processos que envolvem a participação da sociedade, sobretudo aquela inserida na área de abrangência do Plano.

O Fórum ainda apresentar um amplo Programa de Oportunidades de Investimentos em Empreendimentos, para o desenvolvimento do semiárido, promover o processo de desenvolvimento e a consolidação de projetos que prevejam a construção e a integração de empreendimentos multissetoriais, fomentar a participação da iniciativa privada em investimentos nos setores dinâmicos da economia, abrir oportunidades para organizações, entidades e organismos, nacionais e internacionais, públicos e privados, interessados em participar dos projetos e da elaboração do PDS.

Além do Fórum, o evento oferece um pavilhão com Feira de Exposição aberto ao público, contendo apresentação de tecnologias de aproveitamento de resíduos sólidos urbanos, produção eólica e solar, produção agrícola em ambiente protegido, dessalinização, serviços e produtos ligados ao desenvolvimento do semiárido e shows culturais.

Dentro do processo metodológico estruturado para o Fórum existe uma ferramenta de internet no site com grupos de discussão e de proposição de livre participação, onde as pessoas terão oportunidade de debater os temas prioritários e até propor projetos ou políticas públicas que agreguem e contribuam para o desenvolvimento da região.

Todo o material será compilado e levado à plenária, para compor a discussão presencial. Ao final das discussões, com a participação de todos os agentes públicos, privados e da sociedade, será consolidado um documento final, para que a Frente Parlamentar Mista em Prol do Semiárido possa trabalhar na tramitação, no Congresso Nacional, de um Projeto de Lei indicando novas condições para o desenvolvimento da região.

Deixe um comentário

Rolar para cima