Eurico Miranda assume responsabilidade da queda do Vasco, mas põe culpa em Dinamite

bsbcapitalPor ,07/12/2015 às 17:37, Atualizado em 07/12/2015 às 17:37

Em sua primeira e muito esperada entrevista após o rebaixamento do Vasco para a Série B do Brasileiro, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, chamou para si a ‘exclusiva responsabilidade’ sobre a queda e comentou o que considera ser uma mancha em seu currículo. Ao detalhar os motivos do rebaixamento, porém, afirmou que a situação …

Eurico Miranda assume responsabilidade da queda do Vasco, mas põe culpa em Dinamite Leia mais »

2015081424675.jpg-GFC2B5PG7.1
Foto: Pedro Kirilos

Em sua primeira e muito esperada entrevista após o rebaixamento do Vasco para a Série B do Brasileiro, o presidente do Vasco, Eurico Miranda, chamou para si a ‘exclusiva responsabilidade’ sobre a queda e comentou o que considera ser uma mancha em seu currículo. Ao detalhar os motivos do rebaixamento, porém, afirmou que a situação econômica do clube deixada por Roberto Dinamite o impediu de fazer mais pelo time.

– Primeira coisa que quero falar, para que não fique dúvidas: o único e exclusivo responsável pelo rebaixamento do Vasco sou eu. Não quero transferir para ninguém e dizer que isso é uma mancha irreparável no meu currículo de 50 anos de Vasco. Esperava não ter que passar por essa situação – disse Eurico em São Januário nesta segunda-feira, ainda antes das perguntas dos jornalistas.

– É algo que não queria levar comigo, mas vou ter de levar comigo este rebaixamento. É uma mancha no meu currículo que eu não esperava ter.

O presidente vascaíno confirmou que já acertou com o técnico Jorginho e o auxiliar Zinho a permanência dos dois no comando da equipe na próxima temporada. Ainda em seu pronunciamento, o dirigente tomou a iniciativa de comentar as inúmeras vezes – seja na sua campanha eleitoral no clube ano passado, ou já durante a péssima fase do Vasco no Brasileiro – em que ele afirmou que o Vasco jamais seria rebaixado sob seu comando.

 


Seleção brasileira de futebol estreia em Brasília nas Olimpíadas


Blatter tem alta depois de passar seis dias internado em Zurique


CPI do Futebol: Del Nero, Marin e Teixeira têm dia decisivo


Deixe um comentário

Rolar para cima