Decepção, aprendizagem e superação

BSB Capital17/04/2022 às 9:00, Atualizado em 19/04/2022 às 17:12

“Viver é enfrentar problemas. O modo como você os enfrenta é que faz a diferença

Foto: Divulgação

José Matos

Tudo tem razão de ser, ensinou Irmã Dulce. “Viver é enfrentar problemas. O modo como você os enfrenta é que faz a diferença”. Não comparação, ao invés de inveja; gratidão ao invés de vaidade; superação ao invés de frustração; conhecimento de si, ao invés de mágoa; conhecimento e compreensão do outro, ao invés de antipatia; disposição, ao invés de desânimo; conhecimento e funcionamento das Leis de Deus, ao invés de revolta; conhecimento do sentido da vida, ao invés de suicídio; crescimento, ao invés de tédio e desânimo de viver.

“Desaparecidas as queixas, a infelicidade desaparecerá. Ela está enganchada na mente queixosa”. Aprenda a viver. Pessoas sorridentes não significa boas pessoas. Pessoas gentis, não significa educadas. É discordando ou provocando que você tira as máscaras dos hipócritas. Quando você faz imagem e cria expectativas, você pode sofrer.

Ao longo da sua vida você encontrou, e continuará encontrando, boas pessoas para lhe ajudar. Aproveite e faça o mesmo com os outros. Você não precisa estar feliz para doar um prato de comida, um lanche, uma garrafa de água, uma visita a um doente, uma informação, um telefonema de ânimo e apoio.

Há pessoas de bom coração que você só encontrará quando tiver vontade de crescer, de melhorar-se. Esta é a Lei dos Semelhantes e do Mérito! Não obstante, você encontrará pessoas nocivas ao seu progresso. Seja prudente e afaste-se! Afastar-se de gente nociva não significa arrogância; significa sabedoria de viver.

Você atrai o que ama, mas também o que odeia. Então, ame para atrair o que ama! A expressão corporal, o sorriso, os olhos e o olhar, o timbre da voz, as reações, nas dificuldades, mostram a realidade de cada pessoa.

Seja simples como as pombas, mas prudente como as serpentes. A felicidade é, talvez, a única dádiva que você pode ofertar sem tê-la, ensinou Emmanuel. Fazendo os outros felizes, você muda a roda do carma a seu favor.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima