BRB assume o autódromo e investirá R$ 60 milhões na reforma

BSB Capital13/05/2022 às 11:28, Atualizado em 16/05/2022 às 14:36

Equipamento público estava fechado desde 2014. Além de voltar a receber provas de automobilismo, também será transformado em arena multiúso

Foto: Renato Alves/Agência Brasília

Da Redação

Mais uma etapa vencida para a reabertura do Autódromo de Brasília, nesta quinta-feira (12/5) foi assinada a transferência do equipamento público da Terracap para o BRB e a autorização das obras. Importante passo para que o local volte a receber provas de automobilismo e também seja transformado em uma arena multiúso. No acordo, o BRB investirá R$ 60 milhões e ficará responsável pelo autódromo por 30 anos, assumindo os direitos de nome do autódromo, a exemplo do que já ocorre com o estádio Mané Garrincha e o ginásio Nilson Nelson.

O valor permitirá a devolução do espaço aos amantes da velocidade. Desde 2014, o equipamento público encontra-se fechado. Além da reforma, serão criados novos espaços, incluindo um novo kartódromo.

“trabalhamos durante um ano nesse projeto e chegamos à conclusão desse processo”, afirmou o governador Ibaneis Rocha (MDB). “Agora é iniciar as obras para que a gente volte a contar com o automobilismo na nossa cidade e fazendo com que Brasília seja um celeiro de grandes competidores, assim como foi Nelson Piquet, que está aqui conosco”, ressaltou.

Em primeiro momento, a pista de competição será reformada, as defensas metálicas e as barreiras de pneus serão trocadas e as arquibancadas serão modernizadas. Tudo para entregar uma estrutura mínima que possibilite o retorno das provas. Em seguida, o BRB vai reconstruir a área de boxes, criar um novo kartódromo e também fazer estruturas auxiliares ao complexo do autódromo, como um espaço para entidades voltadas a esporte, saúde e comércio, federações, associações, academias e concessionárias de veículos.

Assim que a primeira etapa da obra for entregue, será solicitada a homologação da pista junto às confederações competentes para que o espaço receba, gradualmente, as competições nacionais e internacionais.

“É um passo preponderante para o início da reforma do autódromo”, disse o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa. “Que Brasília volte a sediar grandes competições de automobilismo e motociclismo! Assinamos hoje dois contratos. Um é a transferência da gestão do autódromo da Terracap para o BRB e outro, com o DER [Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal], que autoriza o início das obras.”

O presidente da Terracap, Izídio Santos, ratificou: “Esse termo de cooperação foi a forma encontrada para que a gente pudesse devolver o autódromo à população. O BRB desenvolveu um plano que engloba melhorias e ações no autódromo e agora vai executá-lo. O patrimônio é da Terracap e está sem uso desde meados de 2013 e 2014. Por isso buscamos neste governo essa integração para, juntos, devolvermos o espaço à população”.

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima