A vida não tem sentido?

BSB Capital17/04/2016 às 21:46, Atualizado em 09/07/2016 às 3:54

O Mestre Osho, no livro ” O Barco Vazio”, fala sobre a vida e o viver, comentando ensinamentos do Mestre Chuang Tzu. “As pessoas que têm problemas acham que a vida não tem sentido. Por que a vida parece tão sem sentido? O que isso significa? Significa que a vida tornou-se só trabalho e nenhuma …

A vida não tem sentido? Leia mais »

O Mestre Osho, no livro ” O Barco Vazio”, fala sobre a vida e o viver, comentando ensinamentos do Mestre Chuang Tzu.

“As pessoas que têm problemas acham que a vida não tem sentido. Por que a vida parece tão sem sentido? O que isso significa? Significa que a vida tornou-se só trabalho e nenhuma brincadeira. Você tornou a sua vida completamente cheia de trabalho. Você nunca brinca. Você nunca é um participante em qualquer diversão.

“A vida parece sem sentido porque o significado consiste num equilíbrio entre o útil e o inútil. Você negou completamente o inútil. Você fechou a porta. Agora, apenas o útil está presente. O útil se tornou um fardo. Você está sobrecarregado por ele.

“Se, por volta dos 40 anos de idade, você tiver úlceras; isso mostra que você é bem sucedido. Se já passou dos 40 ou 50 anos e as úlceras ainda não apareceram, você é um fracasso. Aos 50, você já deve ter tido o primeiro ataque cardíaco. Aos 60 você morrerá sem nunca ter vivido. Não houve tempo para viver. Você vivia ocupado.

“Um homem rico é um perdedor. Um homem de sucesso é um fracasso. Mas, como você olha com os olhos da ambição, olha para as posses. Você nunca olha para o político, olha para o cargo, para o poder, nunca para a pessoa, perdendo tudo, sem sequer um vislumbre do que seja felicidade.

“Ela comprou o poder, mas, ao comprá-lo, se perdeu. Até mesmo um homem pobre pode ser mais rico no que diz respeito à vida”.

A um jovem que queria segui-lo, advertiu-o Jesus: “as aves do céu têm ninho e as raposas têm covil, mas o filho do homem não tem onde reclinar a cabeça”. As posses e o poder geram, nos seres inferiores o apego que escraviza impedindo a felicidade.

 


Superando as frustrações afetivas


 A profecia de Dom Hélder Câmara


Brasil dividido


 

Deixe um comentário

Rolar para cima