Vice da CBF detona Felipão, que ironiza futebol de Santa Catarina em resposta

BSB Capital 09/07/2014 às 16:53, Atualizado em 09/07/2014 às 16:53

Delfim de Pádua Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol, é um dos cartolas mais próximos de José Maria Marin e de Marco Polo Del Nero, os homens que mandam na CBF – tanto que foi eleito vice-presidente para a região Sul da CBF na chapa liderada por Del Nero. Logo após a derrota por …

Vice da CBF detona Felipão, que ironiza futebol de Santa Catarina em resposta Leia mais »

Delfim de Pádua Peixoto, presidente da Federação Catarinense de Futebol, é um dos cartolas mais próximos de José Maria Marin e de Marco Polo Del Nero, os homens que mandam na CBF – tanto que foi eleito vice-presidente para a região Sul da CBF na chapa liderada por Del Nero. Logo após a derrota por 7 a 1 para a Alemanha, Delfim falou ao blog por telefone e detonou Felipão.

– Ele é meu amigo, mas não dá mais. Está ultrapassado, obsoleto. Colocou o menino Bernard contra aqueles cavalos da Alemanha. Não tinha como dar certo. Ele não pode mais voltar para a Seleção, tem que ir embora. Precisamos de uma revolução, de uma renovação. Vou falar isso para o Marin e o Marco Polo. Precisamos ideias novas. Por que não o Gallo? – afirmou.
Questionado sobre as críticas em entrevista coletiva nesta quarta-feira, Felipão usou de sarcasmo para responder ao cartola catarinense.

– O único título que o futebol de Santa Catarina tem, eu era o técnico [a Copa do Brasil de 1991 com o Criciúma]. Então o Delfim tem que me agradecer de joelhos. Nunca ganharam nada. E o que ganharam foi graças a mim. Eu não vou ficar respondendo a presidente de federação nenhuma.

Deixe um comentário

Rolar para cima