União Brasil racha no DF

orlandopontesPor ,08/10/2021 às 14:10, Atualizado em 13/10/2021 às 9:49

Pelo acordo nacional, o novo partido será comandado no DF pelo núcleo do PSL. Decisão do União Brasil desagradou Democratas

fraga dem psl união brasil
“Quem tem votos somos nós e o partido vai ficar com os sem voto?”, questiona Fraga. Foto: União Brasil

A criação do União Brasil, a partir da fusão do DEM com o PSL, decidida em convenção simultânea na quarta-feira (7), pode mudar os rumos da campanha eleitoral em Brasília. Pelo acordo nacional, o novo partido será comandado no DF pelo núcleo do PSL, presidido por Manoel Arruda, homem de confiança do ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.

Esta decisão desagrada ao presidente local do DEM, ex-deputado Alberto Fraga, e ao deputado federal Luís Miranda. “Quem tem votos somos nós e o partido vai ficar com os sem voto?”, questionou Fraga, que durante o encontro no Centro de Convenções andou o tempo todo ao lado do senador Izalci Lucas (PSDB).

união brasil izalci fraga dem df psl
Izalci passou todo o evento ao lado de Fraga (dir). Foto: União Brasil

União Brasil e a terceira via no DF

Izalci tenta se aproximar do novo partido para pavimentar uma terceira via. Pré-candidato ao Buriti, aproveitou para formalizar a sinalização de que gostaria do apoio do União no DF.

Em rota de colisão com Bolsonaro, Fraga e Miranda negociam com Izalci convencidos de que o presidente da República montará seu palanque no DF com a deputada Flávia Arruda (PL) concorrendo ao Buriti.

Chapa de Ibaneis

Mas o governador Ibaneis Rocha (MDB) aposta numa chapa em que Flávia disputará o Senado, apoiando sua reeleição. O próprio Ibaneis, no entanto, foi cotado como possível vice na chapa do ex-presidente Lula (PT). 

Convidado para um jantar na casa do ex-senador Eunício Oliveira (MDB-CE) na quarta-feira (7), onde Lula foi a estrela, Ibaneis confirmou presença, mas acabou não comparecendo, após receber sinalizações do Planalto de que Bolsonaro não ficaria satisfeito com esse gesto do governador.

Leia mais sobre eleições 2022

Deixe um comentário

Rolar para cima