Um café, por favor!

mmPor ,01/05/2016 às 18:45, Atualizado em 09/08/2017 às 16:03

.

Um café quentinho e cheiroso de manhã cedo pra despertar é tudo o que queremos ao acordar. O café é uma das bebidas mais populares do mundo, e seus efeitos estão relacionados principalmente ao seu conteúdo de cafeína. A literatura científica traz muitos estudos contra e a favor dessa substância, mas o consenso atual é de que doses moderadas, de até quatro xícaras de café ao dia trazem benefícios à saúde do indivíduo.

Leia mais dicas sobre alimentação

A cafeína mostra-se altamente favorável à saúde cerebral nessas doses moderadas. O consumo moderado do café pode ter efeitos benéficos com relação à depressão e à perda da memória, pelo fato de que essas doses moderadas (4 doses de café diárias) levam à regulação da plasticidade sináptica (a reformulação das ligações entre os neurônios) e contribui para o ajuste dos padrões de sono, do estado emocional, da memória e do aprendizado.

A cafeína é rapidamente absorvida, entra em todos os compartimentos dos tecidos e é metabolizada no fígado. A quantidade de cafeína presente no café pode variar de um café instantâneo, contendo em torno de 50 mg, a um café da Starbucks, com mais de 250 mg. De forma geral, no Brasil, uma dose de café tem entre 60 a 150 mg de cafeína. Essa variação depende de quão forte é o café.

Deixe um comentário

Rolar para cima