Um amor que vem, se você se entregar

bsbcapitalPor ,28/06/2015 às 15:30, Atualizado em 28/06/2015 às 15:30

E por falar de amor, sem dor Existe sim um caminho detrás da porta, algo novo que só chega a quem não se rende ao cansaço do sonho antigo, porque sabe que a felicidade é um amor adormecido: precisa de cócegas de fé para se expressar. Existe sim uma lua nova pairando no céu, irradiando …

Um amor que vem, se você se entregar Leia mais »

E por falar de amor, sem dor

Existe sim um caminho detrás da porta, algo novo que só chega a quem não se rende ao cansaço do sonho antigo, porque sabe que a felicidade é um amor adormecido: precisa de cócegas de fé para se expressar.

Existe sim uma lua nova pairando no céu, irradiando luz sobre a sombra negra que ficou no lugar do que se deixou para trás. Existe esperança no recomeço, dizendo baixinho ao pé do ouvido que o que é seu chegou e que o destino não te esqueceu: ele se reinventa em novos passos e tudo – ainda – pode vir se você continuar a caminhar.

Existe sim um amor aquecendo o cobertor, uma paz dividindo o travesseiro, um sorriso depois do boa noite, duas xícaras postas pro café da manhã. Há alguém do outro lado do espelho, refletindo em você as respostas que você não desistiu de encontrar. Há alguém que te resgata e te comprova. Alguém que te faz além, sem deixar o teu básico: que te transborda, entendendo que, antes, é preciso te completar.

É, eu sei, essa história do amor que sempre vem parece pouco consolo para quem já está há muito tempo na espera. Para quem já se perdeu em confrontos de reconhecer o seu par. Mas, eu ainda acredito quando garanto que a vida é uma estrada que tem lá seus muitos sinais vermelhos, mas é sempre sábia na travessia segura: as coisas boas só chegam quando a gente está pronto para encontrá-las.

Existe sim uma nova sorte, outra razão, um novo porquê. Existem mãos que tocam as tuas esperas, um abraço que cabe tudo aquilo que você sempre precisou encaixar. Existe um amor que se reserva em pertencer ao teu destino, não tenha medo de o receber e se entregar.

 


Leia Mais:


Estou aqui, amor


Eu liguei, não foi engano


Ainda não, mas há


 

Deixe um comentário

Rolar para cima