UE descarta 3º pacote de socorro à Grécia antes do referendo

bsbcapitalPor ,30/06/2015 às 16:28, Atualizado em 30/06/2015 às 16:28

A poucas horas do fim do prazo para pagar uma parcela de empréstimo de € 1,6 bilhão ao Fundo Monetário Internacional (FMI), a Grécia fez um novo pedido de socorrro aos credores europeus. E o governo do premier Alexis Tsipras pediu um novo pacote de mais de € 29 bilhões, por um prazo de dois …

UE descarta 3º pacote de socorro à Grécia antes do referendo Leia mais »

20150630120002915ap

A poucas horas do fim do prazo para pagar uma parcela de empréstimo de € 1,6 bilhão ao Fundo Monetário Internacional (FMI), a Grécia fez um novo pedido de socorrro aos credores europeus. E o governo do premier Alexis Tsipras pediu um novo pacote de mais de € 29 bilhões, por um prazo de dois anos. O dinheiro seria do Mecanismo Europeu de Estabilização (ESM, na sigla em inglês) — um fundo que ajuda membros da União Europeia em dificuldades. A proposta mobilizou os ministros de Finanças da zona do euro, que se reuniram por teleconferência para discutir o pedido. E não chegaram a um acordo. Uma nova teleconferência foi marcada para quarta-feira.

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, afirmou nesta noite (horário local) que agora é “tarde demais” para estender os pacotes de ajuda à Grécia. Por isso, a chamada troika poderia considerar um outro pacote de socorro — mas somente após o referendo marcado para domingo, 5 de julho. E essa é a posição do maior credor da Grécia, a Alemanha. A chanceler federal Angela Merkel já descartou quaisquer negociações antes do plebiscito.

Deixe um comentário

Rolar para cima