A Terra e seus habitantes atrasados

mmPor ,18/01/2015 às 9:12, Atualizado em 18/01/2015 às 9:12

“A função do superior é elevar o inferior”, ensinou o Mestre Emmanuel. Se fosse a Terra habitada por seres humanos, não estaria o chamado primeiro mundo preocupado e gastando tanto para evitar ataques terroristas. Gastam-se bilhões para evitar ataques, mas não se gasta um centavo para tirar da miséria os países exportadores de terror. Cada …

A Terra e seus habitantes atrasados Leia mais »

“A função do superior é elevar o inferior”, ensinou o Mestre Emmanuel. Se fosse a Terra habitada por seres humanos, não estaria o chamado primeiro mundo preocupado e gastando tanto para evitar ataques terroristas. Gastam-se bilhões para evitar ataques, mas não se gasta um centavo para tirar da miséria os países exportadores de terror.

Cada país tem uma contribuição a dar na nossa formação integral. “No passado, aprendíamos comércio na Fenícia, ciência no Egito, filosofia na Grécia, direito em Roma e espiritualidade na Índia. Hoje, aprendemos renovação espiritual no Brasil”, novamente ensina Emmanuel.

Como renascemos e vivemos em muitos países, nenhum deles é a nossa pátria. Nossa pátria é o Planeta Terra. “Não sou cidadão de nenhum país em particular. Eu sou um cidadão do mundo”, ensinou o gênio Charles Chaplin.

Tornar-se integral, objetivo de toda pessoa que deverá tornar-se também ser humano, é semelhante a compor uma laranja. Cada existência corresponde a um gomo dela. Com o mesmo objetivo de integralidade, renascemos nas mais diferentes condições – econômicas, religiosas, sociais e corporais.

Implicitamente, o apóstolo Paulo defende esta mesma ideia, quando afirma na Epístola aos Hebreus: “Todos deveremos crescer até atingir a medida da estatura de Cristo”.

Renascendo e vivendo em todos os continentes e nas mais diversas situações é que nos libertaremos das limitações e do orgulho de países, condição social, raças e religiões. Desta maneira, veremos o outro, de qualquer lugar e situação, como nosso companheiro de jornada.

Em nosso apoio vem o Mestre André Luis: “a cada um foi dado algo diferente para que haja intercâmbio, e daí surja o amor”. É o amor que complementa e torna o homem ser humano e integral.

Deixe um comentário

Rolar para cima