Taguatinga é a segunda cidade do DF com mais roubos a veículos

BSB Capital 02/07/2016 às 15:02, Atualizado em 09/07/2016 às 3:38

Se sair com o carro no Distrito Federal é perigoso devido ao risco de assalto, em Taguatinga a situação é pior ainda. A cidade só perde para a vizinha Ceilândia no quesito roubo a veículos. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do DF, houve 210 registros desse tipo de crime nos três …

Taguatinga é a segunda cidade do DF com mais roubos a veículos Leia mais »

Se sair com o carro no Distrito Federal é perigoso devido ao risco de assalto, em Taguatinga a situação é pior ainda. A cidade só perde para a vizinha Ceilândia no quesito roubo a veículos. De acordo com dados da Secretaria de Segurança Pública do DF, houve 210 registros desse tipo de crime nos três primeiros meses deste ano em Taguatinga, contra 201 no primeiro trimestre de 2015.

Os assaltos aliados a ação pouco eficaz na recuperação de veículos tornou essa realidade violenta, traduzida em números, pior. Nos três primeiros meses do ano passado, foram localizados 167 veículos e, neste ano, no mesmo período, apenas 143.

Enquanto o Governo de Brasília trabalha para sanar os problemas de segurança nas cidades, empresários se movimentam para ajudar a população. Desde 1996 na cidade, a Taguatinga Corretora, que faz a intermediação entre o cliente e seguradoras de veículos, cresceu em meio à crise.

Com um núcleo de associados formado por 12 seguradoras, a empresa que funciona na Praça do DI, em Taguatinga Norte, cruzou as fronteiras da capital federal e, hoje, atende em todo o território nacional.

Para o diretor Rodrigo Mascarenhas, os detalhes na formalização de uma apólice são determinantes na hora de contratar uma seguradora e que 80% dos clientes desconhecem, por exemplo, que cada detalhe de sua vida pessoal interfere na cotação.

“Além de encurtarmos a distância entre o cliente e a seguradora, também fazemos avaliações e cotações de qual prestadora de serviço ele deve ir atrás. Com o nosso serviço, o motorista só precisa entrar em contato com a seguradora se precisar acionar o seguro ou assistência 24h”, explicou  Mascarenhas.

 

Passo a passo

O perfil do cliente é determinante na hora de fazer o seguro de um automóvel. Tudo é levado em conta quando o assunto é a apólice. Faixa etária, sexo, CEP, tempo de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), possuir garagem e alarme no veículo são algumas das especificações mais comuns. Porém, quando o assunto é seguro de carros, outros fatores podem influenciar no cálculo.

As marcas mais vendidas do Brasil, por exemplo, têm peças de reposição mais baratas, porém, também são os modelos mais visados pelos bandidos. Isso é levado em conta na hora de cadastrar um veículo. Na mesma linha, os veículos blindados têm seus prós e contras: um carro blindado é mais difícil de ser violado. Contudo, além de aumentar seu preço, o custo dos reparos é muito maior.

O gosto por carros esportivos também é contabilizado no cálculo do seguro. Geralmente, quem compra veículos mais potentes é visto como um amante da velocidade e que apresenta mais riscos à seguradora.

 

Serviço

A Taguatinga Corretora atua com seguros de vida, veículos, condomínio, saúde, residenciais, empresariais e pessoais.

Telefones: (61) 3563-5360 / (61) 99977-9792 (Rodrigo Mascarenhas)

E-mail: trindad.r@gmail.com

Local: Taguatinga Norte – CNA 04 Lote 03 Sala 304

 


Governo do DF vê brecha para liberar quantidade de carros do Uber


Detran coloca mil carros e motos à venda em maior leilão do ano no DF


Rainha fica presa em porta-malas e 20 mil abelhas ‘atacam’ carro


 

Deixe um comentário

Rolar para cima