Suplente de nova ministra é ex-presidiário

O novo deputado ficou quatro meses preso pela acusação de participar de uma rede de exploração e estupro de crianças e adolescentes. Foi beneficiado por habeas corpus do Supremo Tribunal Federal