O HOMEM PENSA

O livro leva o leitor a conhecer as raízes do caso: a secular submissão das comunidades nagô aos interesses de vários impérios colonialistas europeus.