Sinpro-DF: mobilização contra a PEC 32 continua na Câmara dos Deputados

Se a PEC 32 for aprovada, serviços que hoje são gratuitos, como hospitais e escolas públicas, passarão a ter custo, ou seja, a população terá de pagar