Supremo autoriza Dirceu a trabalhar

BSB Capital 27/06/2014 às 17:29, Atualizado em 27/06/2014 às 17:29

Por nove votos a um, o Supremo Tribunal Federal autorizou, quarta-feira (25), que o ex ministro da Casa Civil, José Dirceu (foto), possa trabalhar fora do Complexo Penitenciário da Papuda, onde cumpre pena. Ele dará expediente no escritório de advocacia do criminalista José Gerardo Grossi, em Brasília, com salário de R$ 2.100. A decisão favorável …

Supremo autoriza Dirceu a trabalhar Leia mais »

JODE-DIRCEUPor nove votos a um, o Supremo Tribunal Federal autorizou, quarta-feira (25), que o ex ministro da Casa Civil, José Dirceu (foto), possa trabalhar fora do Complexo Penitenciário da Papuda, onde cumpre pena. Ele dará expediente no escritório de advocacia do criminalista José Gerardo Grossi, em Brasília, com salário de R$ 2.100. A decisão favorável a Dirceu ocorre após a troca de relator no processo do mensalão. O ministro Joaquim Barbosa deixou o caso e o processo foi redistribuído para o ministro Luís Roberto Barroso. Porém, os ministros negaram pedido do ex-presidente do PT, José Genoino, para cumprir pena em prisão domiciliar.

 

Deixe um comentário

Rolar para cima