Sindlegis promove debate sobre regimentos parlamentares no mundo

bsbcapitalPor ,03/09/2021 às 7:44, Atualizado em 03/09/2021 às 8:50

Segundo dia do webnário começa logo mais, às 9h

Nesta sexta-feira (3), acontece o segundo dia do webnário promovido pelo Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal e do Tribunal de Contas da União (Sindilegis) que debate sobre regimentos parlamentares do mundo. Acompanhe pelo canal do Sindilegis no Youtube.

Nesta sexta o evento focará na obra “Estudos em Legística”, também publicados pela Universidade. O evento tem início às 9h e será transmitido ao vivo no canal do Sindilegis no Youtube e nos canais e redes sociais das entidades realizadoras.

Primeiro dia

O evento começou na quinta-feira (2) e reuniu diversos especialistas das áreas do direito legislativo para debater sobre o papel do regimento na autonomia do parlamento. O primeiro dia do fórum digital focou nos estudos sobre os sistemas de Civil law e Common law. Foram realizadas 10 mesas-redondas sobre os legislativos nacionais do Reino Unido, Chile, Canadá, Uruguai, da Nova Zelândia, França, Noruega, de Taiwan, Angola e dos Estados Unidos.

O diretor de Benefícios do Sindilegis, Petrus Elesbão, participou da abertura do webinar representando a entidade, que é uma das apoiadoras da iniciativa, junto à Assembleia Legislativa de Minas Gerais, ao Instituto Legislativo Brasileiro (ILB) do Senado Federal, e ao Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento (Cefor) da Câmara dos Deputados.

Elesbão parabenizou a iniciativa das entidades em promover uma discussão e troca de experiências tão pertinentes para os servidores do legislativo brasileiro. O Congresso Nacional foi o primeiro parlamento do mundo a implementar um sistema para deliberações durante a pandemia de Covid-19, impedindo a paralisação de seus processos em um momento tão crítico.

“Uma democracia forte requer obrigatoriamente um Legislativo forte e independente e o Sindilegis, como representante de categorias que são capazes de realizar este tipo de trabalho não poderia deixar de estar presente”, avaliou.

Veja como foi o primeiro dia do debate:

Leia mais no Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima