Secretaria de Transportes demite 60 metroviários por justa causa em SP

BSB Capital 09/06/2014 às 14:28, Atualizado em 09/06/2014 às 14:28

Um dia após a Justiça ter considerado abusiva a greve dos metroviários, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos iniciou processo de demissão por justa causa sob o amparo da lei. De acordo com a assessoria da secretaria, 60 cartas já foram remetidas. O critério de afastamento considerou inicialmente os servidores flagrados em ações de vandalismo ou …

Secretaria de Transportes demite 60 metroviários por justa causa em SP Leia mais »

Um dia após a Justiça ter considerado abusiva a greve dos metroviários, a Secretaria dos Transportes Metropolitanos iniciou processo de demissão por justa causa sob o amparo da lei. De acordo com a assessoria da secretaria, 60 cartas já foram remetidas. O critério de afastamento considerou inicialmente os servidores flagrados em ações de vandalismo ou de incentivo para que usuários pulassem as catracas.

O sindicato dos metroviários fará outra assembleia para decidir os rumos do movimento nesta segunda-feira (9), às 13h. Segundo a assessoria da entidade até às 9h nenhum comunicado sobre as demissões havia sido recebido pelo sindicalistas.

Para o secretário, o movimento tem caráter político e o governo prepara um plano de contingência para evitar problemas na próxima quinta-feira (12), dia de abertura dos jogos da Copa do Mundo, na Arena do Corinthians, na zona leste. Muitos torcedores e os próprios trabalhadores desse estádio vão depender de trens do Metrô para se deslocarem até o local vindo de outras regiões.

Deixe um comentário

Rolar para cima