Sebos são a saída para economizar na lista de materiais

bsbcapitalPor ,30/12/2015 às 0:47, Atualizado em 30/12/2015 às 0:47

Materiais usados com até 40% de desconto são a opção para pais e estudantes fugirem dos altos preços das livrarias Os pais já estão comprando os materiais escolares para 2016. E, em tempos de vacas magras, como os atuais, a economia é o que mais atrai na hora de trocar as livrarias tradicionais pelos sebos. …

Sebos são a saída para economizar na lista de materiais Leia mais »

Materiais usados com até 40% de desconto são a opção para pais e estudantes fugirem dos altos preços das livrarias

Sebo na Asa Norte é um dos primeiros de Brasília. Foto: Divulgação
Sebo na Asa Norte é um dos primeiros de Brasília. Foto: Divulgação

Os pais já estão comprando os materiais escolares para 2016. E, em tempos de vacas magras, como os atuais, a economia é o que mais atrai na hora de trocar as livrarias tradicionais pelos sebos. A diferença de preço entre um livro novo e usado chega a 40%. O movimento nos sebos deve aumentar cerca de 60% no período das férias, vendendo até 20% mais que no mesmo período do ano passado, de acordo com a Federação do Comércio do DF.

A gramática Aprender e Praticar, do autor Mauro Ferreira, por exemplo, chega a custar R$ 175, se for comprada nova. O mesmo livro usado sai por R$ 100 em um sebo da Asa Norte. E ainda pode ser mais barato se o estudante levar o material que tiver usado para trocar por outros livros.

O comerciante Edson Viana conta que sempre recorre ao sebo para comprar os livros da filha. “Não vejo porque não usar um livro só pelo fato de ele estar usado. A maioria está bem conservada. O que importa é o conteúdo, além da economia”, afirma.

Concurseiros

O concurseiro Ismael Lima protesta contra o preconceito para com os livros usados. “Muitas vezes encontro nos sebos livros que não existem mais nas livrarias. São relíquias vendidas a preços irrisórios. É bobo este preconceito contra os sebos”, afirma.

A empresária Cida Caldas, dona de um sebo, lembra que ainda tem a questão ecológica. “Comprar um livro usado para o seu filho é importante para educá-lo para a necessidade da preservação da natureza e da reutilização dos materiais. E ainda gera uma economia para os pais”, defende.

Saiba mais

Há várias explicações para o porquê de os sebos serem chamados assim. Uma delas é que antes da energia elétrica as pessoas liam à luz de velas. Estas eram feitas de gordura que escorria sobre os livros, deixando-os sebentos, gordurosos. Outra, porém, diz que os jovens de antigamente, loucos por aprender, não se desgrudavam dos livros e os mantinham sempre embaixo do braço, fazendo com que eles ficassem sujos, ensebados.

SERVIÇO
Sebos de Brasília        
Livraria Saber Ler Sebo Livros
QSB  11 – Taguatinga: 3563-1097
 
Achei Livros Novos e Usados
CLN 707 Bloco C Loja 11 – Asa Norte: 3272-4647
 
Sebovirthual Livraria
CLN 201 Bloco B Loja 25 – Asa Norte: 3326-0113
 
Livraria e Café Sebinho
CLN 406 Bloco C Loja 72 – Asa Norte: 3447-4444


Leia mais:


Distritais reprovam Rollemberg


Impeachment é obra de políticos


Domingo é dia de Eixão


 

Deixe um comentário

Rolar para cima