Rio-2016: canal americano destaca morte de peixes e poluição da Lagoa Rodrigo de Freitas

bsbcapitalPor ,15/04/2015 às 11:50, Atualizado em 15/04/2015 às 11:50

     O atraso nas obras das Olimpíadas de 2016 e, sobretudo, a poluição das baías que receberão os eventos náuticos já causam constrangimento internacional ao Rio de Janeiro. Nesta terça-feira, a rede americana CNN, uma das mais importantes do mundo, destacou em seu site a morte de dezenas de peixes na Lagoa Rodrigo de …

Rio-2016: canal americano destaca morte de peixes e poluição da Lagoa Rodrigo de Freitas Leia mais »

     O atraso nas obras das Olimpíadas de 2016 e, sobretudo, a poluição das baías que receberão os eventos náuticos já causam constrangimento internacional ao Rio de Janeiro. Nesta terça-feira, a rede americana CNN, uma das mais importantes do mundo, destacou em seu site a morte de dezenas de peixes na Lagoa Rodrigo de Freitas, que será a sede do remo e da canoagem. Os animais foram encontrados alx_cnn_originalno local no fim da semana passada.

     O canal ainda o mau cheiro e os transtornos causados às pessoas que moram próximas à Lagoa Rodrigo de Freitas e dedicou alguns parágrafos à poluição da Baía de Guanabara, sede da vela, chamada de “notoriamente fétida”. A publicação reproduziu as declarações do prefeito Eduardo Paes ao canal SporTV – segundo ele, a Baía de Guanabara não cumprirá as metas de despoluição, mas não haverá problemas na realização dos Jogos, pois a Olimpíada acontece em um período de poucas chuvas no Rio.

     Nesta segunda-feira, o iatista Torben Grael, maior medalhista olímpico do Brasil, criticou duramente as declarações de Eduardo Paes. “Ele não sabe nada do que fala, não tem conhecimento de causa algum para falar sobre a questão do lixo”, afirmou Torben. O governo do Rio prometia despoluir em até 80% a Baía de Guanabara até o início dos Jogos, em 5 de agosto de 2016.

Deixe um comentário

Rolar para cima