Reverência à mulher negra latino-americana

BSB Capital 25/07/2022 às 14:30, Atualizado em 26/07/2022 às 11:56

Canto e poesia de Dhi Ribeiro e Nanda Fer Pimenta são as atrações do Arte/Fato desta terça (26)

Sindicato dos Bancários de Brasília

O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha e da Diáspora, comemorado em 25 de julho, será celebrado nesta terça-feira (26) no projeto Arte/Fato, uma iniciativa do Sindicato dos Bancários de Brasília. O evento gratuito pode ser acompanhado, ao vivo, pelo canal do Sindicato no You Tube, ou presencialmente, no Espaço Cultural Renato Russo.

A partir das 20h, a cantora Dhi Ribeiro e a escritora Nanda Fer Pimenta estarão no palco. Dhi tem na música sua expressão artística, enquanto Nanda encontrou na literatura e na moda o caminho para dialogar com o mundo através das artes.

Dhi e Nanda

Ambas vieram de fora, mas foi ao se mudarem para Brasília que firmaram suas carreiras como artistas. Natural do Rio de Janeiro, Dhi Ribeiro canta há mais de trinta anos. Já transitou por vários estilos até se estabelecer no samba, tornando-se sua grande intérprete e divulgadora da levada brasiliense pelo país.

Poeta, performer e romancista, Nanda Fer Pimenta tem dois livros publicados: Dengo (2021), e Sangue (2018), este último premiado com o Troféu Dente de Ouro – Dente Feira de Publicações. Nanda também é fashion designer e sócia-fundadora do projeto de moda urbana Boom Alternativa. No Arte/Fato, vai declamar seus poemas e ler trechos de suas obras publicadas.

Outras atrações

Também se apresentarão o músico Tiago Sá, cantor, compositor e produtor, filho da bancária aposentada da Caixa Econômica e ex-diretora do Sindicato dos Bancários Ana Maria Castro de Sá; o grupo Nascente do Samba, fundado por Edilson, funcionário da Caixa; e Leandro Ferraz, gerente de relacionamento do Banco do Brasil, entusiasta das artes, que tem o desenho como expressão predileta e a escultura como predominante.

O 26º Arte Fato terá como apresentadora a palhaça Ana Luíza Bellacosta, representante das mulheres negras na arte da palhaçaria, a qual exerce como um ato de enfrentamento. Brasiliense, ela apresenta sua produção artística em festivais e casas de espetáculos Brasil afora e no exterior.

Saiba+

A data foi instituída em 1992, a partir do primeiro Encontro de Mulheres Afro-latino-Americanas e Afro-caribenhas, ocorrido na República Dominicana e representa a união de mulheres afrodescendentes de todo o continente para dar voz à luta das mulheres negras na região.

Serviço:

Arte Fato, XXVI Edição

Tema: “Mulher Negra Latino-Americana”

Local: Espaço Cultural Renato Russo

Dia e horário: Terça-feira, dia 26/7, às 20h

Ingressos: Entrada franca

Transmissão ao vivo: www.youtube.com/user/bancariosbsb e @tvcomdf no YouTube, Facebook e Instagram

Classificação indicativa: Livre

Leia mais em Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima