Reunião que decidirá sobre cassação de Eduardo Cunha é cancelada

BSB Capital07/06/2016 às 21:14, Atualizado em 09/07/2016 às 3:51

O deputado José Carlos Araújo (PR-BA), presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, anunciou o cancelamento da sessão do conselho, marcada para esta quarta-feira (8), às 14h, que deveria votar o parecer a favor da cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Sofrendo pressão de todos os lados, …

Reunião que decidirá sobre cassação de Eduardo Cunha é cancelada Leia mais »

LM_Cunha_Conselho_Etica_Foto_Lulla_Marques00705192016

O deputado José Carlos Araújo (PR-BA), presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, anunciou o cancelamento da sessão do conselho, marcada para esta quarta-feira (8), às 14h, que deveria votar o parecer a favor da cassação do presidente afastado da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Sofrendo pressão de todos os lados, a deputada Tia Eron (PRB-BA) declarou, por meio de nota, que teria votado se a sessão desta terça-feira (7) não tivesse sido adiada porque o relator Marcos Rogério pediu mais tempo para examinar o voto em separado apresentado por João Carlos Bacelar (PR-BA). Ele sugeriu que Cunha seja punido com a suspensão do mandato por apenas três meses.

A sessão começou pouco antes das 9h30 e terminou por volta das 14h30. Nesse período, Tia Eron permaneceu no gabinete da liderança do PRB. O partido, porém, afirmou que a parlamentar vai votar como quiser.

O voto dela é considerado decisivo porque, pelos cálculos de adversários de Cunha, se ela votar contra o relator, o placar deverá ficar em 11 votos contrários e 9 favoráveis ao presidente afastado.

Deixe um comentário

Rolar para cima