Reclame, reclame e sofra

BSB Capital 08/07/2017 às 8:06, Atualizado em 18/09/2017 às 21:09

Reclamar é um vício e todo vício é de difícil libertação

Quem vive constantemente reclamando, viciou-se. Sim. Queixa também é vício. E como todo vício, é de difícil libertação. A queixa constante indica que você carrega problemas não digeridos. Pode ser frustração, falta de coragem para tomar atitudes importantes, falta de paciência para esperar a colheita dos frutos de sua plantação ou falta de disposição para lutar por seus objetivos, entre outros.

Se não compreender e transcender suas frustrações; se não tomar as atitudes que precisa tomar; se não aceitar que as coisas têm seu tempo; se não se dispuser a agir para atingir seus objetivos, ficará cada dia mais amargo, e sua presença tornar-se-á insuportável.

Primeiramente, entenda que há o que você deseja, e há o que a vida espera de você – que nem sempre coincidem. Escute o seu coração e vá à luta com disposição e alegria. Essas duas atitudes – disposição e alegria – contagiarão pessoas que facilitarão sua vida. “Na vida, pessoas, você encontra lugares e situações necessários à sua evolução”, garante André Luís. Desde que, evidentemente, faça parte de sua programação existencial, ou Dharma, dos Indus.

Tudo o que fizer parte de sua programação você encontrará os meios ou maneiras de executr. Para uns, será fácil. Para outros, difícil. Porque não basta a execução da programação. É preciso que ela seja agente de educação da alma. A finalidade maior do desempenho de quaisquer tarefas na Terra é a educação da alma. Assim, o professor, educa-se; o médico aprende a valorizar o corpo e a saúde; o comerciante aprende a arte da diplomacia; o advogado valoriza a justiça, e o religioso, ensinando, descobre o caminho para Deus.

Viva com sabedoria. Viva com visão coletiva de vida. Tudo o que você precisar para vivenciar sua lenda pessoal, encontrará os meios. Mas não se esqueça de que, da maneira como tratar os outros, será tratado. O que emitir, receberá de volta pela Lei de Retorno. Para ser ajudado, precisará ajudar. Espalhando otimismo, boa vontade, sinceridade, honestidade e solidariedade, terá seus caminhos abertos para o êxito.

         “O que quiseres receber, faça-o ao teu semelhante”, ensinou Jesus.

} else {

Deixe um comentário

Rolar para cima