Punição a Suárez é excessiva e alienante, diz zagueiro mordido por uruguaio

BSB Capital 27/06/2014 às 12:06, Atualizado em 27/06/2014 às 12:06

O zagueiro italiano Giorgio Chiellini usou uma rede social para classificar de “excessiva” a punição que a Fifa aplicou ao atacante uruguaio Luis Suárez. Mordido no ombro na partida em que o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0, na última terça-feira (24/6), Chiellini disse não sentir “raiva” do jogador da seleção celeste. Em …

Punição a Suárez é excessiva e alienante, diz zagueiro mordido por uruguaio Leia mais »

20140627100733309283oO zagueiro italiano Giorgio Chiellini usou uma rede social para classificar de “excessiva” a punição que a Fifa aplicou ao atacante uruguaio Luis Suárez. Mordido no ombro na partida em que o Uruguai venceu a Itália por 1 a 0, na última terça-feira (24/6), Chiellini disse não sentir “raiva” do jogador da seleção celeste. Em decisão tomada na quinta (26/6), a Fifa proibiu Suárez de atuar por nove jogos do país sul-americano e também o baniu de qualquer atividade relacionada ao futebol pelo período de quatro meses.

“Dentro de mim agora não há sentimento de alegria, ira ou vingança contra Suárez pelo incidente que aconteceu dentro de campo. A única raiva e desapontamento é pela decepção da partida perdida”, destacou Chiellini no Twitter.

O jogador da seleção italiana demonstrou estar preocupado com as consequências que a punição acarretará a Suárez e acrescentou que o castigo estabelecido pela Fifa pode ser “alienante” para o uruguaio, que teve a credencial da Copa do Mundo recolhida e já está em Montevidéu.

“No momento, o meu único pensamento é para o Luis e sua família, porque eles vão enfrentar um período muito difícil. Sempre considerei inequívocas as intervenções disciplinares por órgãos competentes, mas, ao mesmo tempo, acredito que a fórmula proposta é excessiva. Sinceramente, espero que ele seja autorizado a, pelo menos, ficar perto de seus colegas durante os jogos porque, para um jogador, um banimento desses é realmente alienante”, frisou Chiellini.

Durante a partida realizada em Natal, o árbitro não enxergou a mordida de Suárez em Chiellini. O lance seguiu normalmente. A punição aconteceu somente depois, em reunião do Comitê Disciplinar da Fifa.

 

Deixe um comentário

Rolar para cima