PT quer Vigilante no Buriti em 2022

orlandopontesPor ,19/11/2018 às 8:30, Atualizado em 16/11/2018 às 16:27

Legenda reavalia estratégia adotada este ano e o nome do distrital é cotado para a disputa pelo GDF

O deputado distrital foi reeleito e ocupará o quarto mandato na CLDF. Foto: Júlio Pontes

Os pífios resultados obtidos nas urnas deste ano têm provocado debates internos no PT já com vistas às eleições de 2022. A avaliação da cúpula petista é de que será necessário montar uma forte chapa majoritária com candidatos ao Senado e ao Buriti.

A constatação é de que os desconhecidos Júlio Miragaya e Marcelo Neves, que concorreram, respectivamente, ao GDF e ao Senado, não ajudaram a “puxar” votos para os candidatos proporcionais às Câmaras Legislativa e Federal. Com isso, o PT perdeu força no DF.

Dentre as várias correntes internas, a mais numerosa é a Articulação. Um dos expoentes do grupo é o distrital reeleito Chico Vigilante, justamente o nome que desponta, de imediato, como possível concorrente à sucessão do recém-eleito Ibaneis Rocha (MDB). Chico não descarta encarar o desafio.

Ex-presidente da Central Única dos Trabalhadores (CUT-DF), Chico Vigilante foi deputado federal por dois mandatos e há 12 anos tem cadeira cativa na Câmara Legislativa, onde cumprirá o quarto mandato a partir de 2019.

Provavelmente pensando em voos mais altos, o distrital, mesmo se recuperando de uma infecção urinária, tem tratado da reformulação de sua equipe na Câmara. O primeiro reforço deve ser o ex-ministro Ricardo Berzoini, que assumiria a chefia de gabinete do distrital.

1 comentário em “PT quer Vigilante no Buriti em 2022”

  1. Ñ vejo problema algum em troca de caráter nem troca de partido!
    Pois se o caráter ñ se adequada com o partido porque não trocar de partido. Né!.
    Deixo aqui meu comentário.

Deixe um comentário

Rolar para cima