PSB oficializa Rafael Parente como pré-candidato ao GDF

bsbcapitalPor ,29/10/2021 às 15:02, Atualizado em 03/11/2021 às 17:47

Em seu discurso, o professor agradeceu o apoio da família e das autoridades presentes e destacou a necessidade de mudança na condução do DF e do Brasil

Rafael Parente: “A gente precisa de um propósito, inclusive de um projeto político-pedagógico da rede”. Foto: Júlio Pontes

A união pelo desenvolvimento do Distrito Federal norteou os discursos durante o lançamento oficial da pré-candidatura do professor Rafael Parente (PSB) ao Governo do Distrito Federal. A cerimônia, realizada na manhã desta terça-feira (10), reuniu políticos e lideranças na sede da Fundação João Mangabeira, em Brasília.

Aclamado pelos diretórios nacional e regional do partido, Rafael Parente é apontado como símbolo da renovação política proposta pelo PSB, a partir das eleições de 2018. Em seu discurso, o professor agradeceu o apoio da família e das autoridades presentes e destacou a necessidade de mudança na condução do DF e do Brasil.

“Não podemos achar que estamos vivendo uma crise qualquer. Não é! Não é só o pior momento da nossa história da nossa democracia recente, mas é um dos piores momentos da história do país”, afirmou.

Rafael Parente

Rafael conduziu seu discurso com base na transformação da sociedade a partir da educação. “A minha vida é para a educação, eu tenho essa missão. A missão de transformar a nossa realidade pela educação, fazer essa transformação social. Não dá pra saber que somos ricos — não só pela biodiversidade, mas economicamente –, saber que temos tanto dinheiro nesse país, com um dos maiores PIBs do mundo, e que Brasília tem, em disparada, o maior PIB per capita do país, e convivemos com a fome e com miséria”, ponderou.

Parente concluiu seu discurso, falando da necessidade de união em prol de uma mudança que devolva ao Distrito Federal a esperança e o desenvolvimento em todas as áreas.

Em nome do PSB nacional, o presidente da legenda, Carlos Siqueira, endossou o nome de Rafael Parente e destacou a importância da renovação política nacional, tendo em vista o atual cenário, tanto a nível nacional, quanto no DF. 

“O PSB está num processo de reformulação profunda. Nós todos somos responsáveis pela situação que o país está vivendo”, afirmou o dirigente, ao fazer duras críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Para o presidente do PSB, a candidatura de Rafael Parente ao GDF representa a ousadia de fazer diferente. “Temos o desafio de reunir pessoas e não apenas partidos. Pensar o DF numa perspectiva de desenvolvimento”, completou.

Marcelo Freixo

O deputado federal pelo Rio de Janeiro (PSB), Marcelo Freixo avaliou o encontro como um importante ato de transformação para a política brasileira. “Eu fiz questão de vir aqui, pois acho que é muito importante essa mensagem que o PSB está dando pra política brasileira, a ideia da renovação política”, afirmou. O discurso de união foi endossado por representantes de diversas legendas progressistas, como PV, REDE e PT.

Rollemberg

O ex-governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, também falou na necessidade de união dos grupos progressistas. Rollemberg recordou os avanços nas áreas sociais que devem caminhar lado a lado com a agenda econômica. 

“Mesmo esta unidade da federação estando abarrotada de dinheiro, o que vemos é a pobreza nas ruas e a corrupção em todas as áreas do governo. Isso, em plena pandemia. As pessoas morrendo e os gestores da saúde roubando”, criticou.

Para o político, Rafael Parente oxigena a política local e representa o nome mais sensato para a união em prol de um novo momento para o DF.

Durante a cerimônia, foi dado o pontapé para as ações a serem desenvolvidas pelo pré-candidato. Entre as iniciativas, o programa “Papo com Parente”, a ser realizado todas as terças, e as Rodas de Conversa Temáticas e Regionais – que percorrerão todas as Regiões Administrativas do DF.

As Rodas acontecerão de forma híbrida, a fim de ampliar a participação da sociedade e evitar aglomerações desnecessárias, tendo em vista os riscos da pandemia.

O evento também contou com a presença de políticos e dirigentes do PT, PV, REDE e do PCdoB.

Deixe um comentário

Rolar para cima