Projeto apresenta a cantora Priscila Santos acompanhada do violonista Neilton Sérgio

bancariosPor ,01/10/2021 às 20:49, Atualizado em 01/10/2021 às 20:49

Programa Cultural do Sindicato dos Bancários reúne a faceta artística de bancários e recomendações importantes para o momento atual

Veiculado quinzenalmente com transmissão ao vivo, o XIII Arte Fato irá ao ar na terça-feira, a partir das 20h, pelo canal do Sindicato dos Bancários no Youtube: youtube.com/user/bancariosbsb. A programação  traz a cantora Priscila Santos, bancária da Caixa Econômica Federal,  acompanhada do violonista Neilton Sérgio, com um repertório de MPB e samba.

Além dela, a banda General Bug, cujo guitarrista é bancário do Banco do Brasil, garantirá espaço para um Rock autoral clássico com influências do jazz e da Música Progressiva. O bancário aposentado e escritor Miguel Arruda conversará sobre Literatura. Já o maestro e criador da Orquestra Popular Marafreboi, Fabiano Medeiros, falará sobre os desafios que grandes grupos artísticos encontraram no cenário da pandemia da covid-19. 

O programa contará ainda com a cantora, compositora e criadora do bloco carnavalesco “Bora Coisar”, Emília Monteiro, com o diretor da Federação dos Bancários do Centro-Norte, José Garcia, e com ex-presidente do Sindicato dos Bancários do Rio de Janeiro e atual dirigente do Botafogo, Vinícius Assunção, para um panorama sobre a transição anunciada entre o isolamento social exigido pela pandemia e o retorno às atividades presenciais. 

Priscilla Santos

Brasiliense, bancária desde 2008, cresceu ouvindo os grandes nomes da MPB em casa por influência da família nordestina. Teve seu primeiro contato com a música aos 12 anos na igreja, tocando teclado em missas, mas só começou a cantar aos 15. E nunca mais parou, atuando principalmente na cena da música cristã em Brasília como backing vocal

Após um longo período de amadurecimento, hoje canta ao lado do amigo e parceiro de longa data, Neilton Sérgio. No repertório, a riqueza de sons da música brasileira, especialmente a MPB e o samba, sempre aberta à diversidade de ritmos, timbres e sabores que só o Brasil pode oferecer.

Miguel Arruda

Escritor, poeta, professor, palestrante e ex-bancário, lançou o livro “Uma Nordestina, baseado em fatos e emoções reais”, que conta a história de sua mãe. Nascido em Araripina, sertão pernambucano, teve lá seu primeiro contato com os autores que o influenciaram sua escrita: Manoel Bandeira, Drummond, João Cabral de Melo Neto, Raquel de Queiróz, Chico Buarque, Cecilia Meireles, Garcia Marques, Florbela Espanca…

Em 2016, publicou seu primeiro livro: Trocando as Penas, de poesias escritas na adolescência. Anos depois, no livro Gestão da Emoções no Ambiente Corporativo, em coautoria com especialistas em desenvolvimento humano, escreveu o capítulo Ser feliz é tudo que se quer, onde apresenta os novos achados da Ciência sobre a felicidade. Em 2019 o autor perdeu a mãe, sua maior fonte de inspiração e exemplo. No processo de luto e na busca por eternizá-la, decidiu escrever sua história, e foi o que gerou a atual obra, Uma Nordestina.

Banda General Bug

Grupo musical brasiliense formado por Fábio Chayb (guitarra), Alcebíades Campbell (voz), Fábio Bastos (bateria) e Eduardo Oliveira (baixo), já conta com uma vasta experiência musical dos integrantes e desenvolve um som cheio de riffs, com muita improvisação e criatividade.

Já percorreram inúmeras casas musicais do DF e Entorno, bem como Festivais, a exemplo do Carnarock e Sunset Metal Festival. Em 2020 gravaram, de modo independente, o EP General Bug Rock, fortalecendo a tradição de Brasília como Capital do Rock.

Fabiano Medeiros

Músico instrumentista, professor universitário, arranjador e maestro, criou a Orquestra Popular Marafreboi que, no Distrito Federal, reúne o maracatu, o frevo e o boi bumbá em apresentações sempre efervescentes. Como instrumentista, já tocou com Edson Cordeiro, Guilherme Arantes, Francis Hime, Xangai, Elomar, Rosa Passos, Hermeto Pascoal, Mestre Ambrósio, Bibi Ferreira, Hamilton de Holanda, Ivan Lins, dentre outros. É, ainda, Diretor e Curador do Encontro Nacional de Orquestras Populares, do Cerrado Jazz Festival, do Festival Divas do Samba e do Noites Pernambucanas.

Deixe um comentário

Rolar para cima