Professores da UnB aprovam  indicativo de greve em apoio a Dilma

BSB Capital08/06/2016 às 19:58, Atualizado em 09/07/2016 às 3:39

A Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) aprovou em assembleia, nesta quarta-feira (8), indicativo de greve no segundo semestre, a ser apresentado ao 61º Congresso de Associações  Docentes (Conad). A paralisação das atividades seria adotada pelos professores em apoio à volta da presidente Dilma Rousseff (PT) ao cargo com plenos poderes, e só ocorreria …

Professores da UnB aprovam  indicativo de greve em apoio a Dilma Leia mais »

servidores-da-unb-preparam-greve-para-a-proxima-semana

A Associação dos Docentes da Universidade de Brasília (ADUnB) aprovou em assembleia, nesta quarta-feira (8), indicativo de greve no segundo semestre, a ser apresentado ao 61º Congresso de Associações  Docentes (Conad).

A paralisação das atividades seria adotada pelos professores em apoio à volta da presidente Dilma Rousseff (PT) ao cargo com plenos poderes, e só ocorreria em caso de o impeachment ser ratificado pelo Senado. Na assembleia, da qual participaram cerca de 160 docentes, também foi aprovado um documento de apoio a Dilma e de repúdio ao presidente interino, Michel Temer (PMDB).

O 61º Conad será realizado entre os dias 30 de junho e 3 de julho em Boa Vista, capital de Roraima. O encontro terá como tema central: Defesa dos direitos sociais, da educação e serviços públicos.

Deixe um comentário

Rolar para cima