Prefeitos demonstram indignação na frente do Congresso

BSB Capital 15/05/2014 às 15:31, Atualizado em 15/05/2014 às 15:31

Milhares de prefeitos se reuniram na rampa do Congresso Nacional entoando palavras de ordem como “vota dois por cento para não perder o assento”. Depois eles aguardaram ser recebidos pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN). O prefeito de Hidrolândia (GO), Paulo Sergio, considerou o evento bom, mas ainda acha necessário ter mais ação. …

Prefeitos demonstram indignação na frente do Congresso Leia mais »

Milhares de prefeitos se reuniram na rampa do Congresso Nacional entoando palavras de ordem como “vota dois por cento para não perder o assento”. Depois eles aguardaram ser recebidos pelo presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN).

O prefeito de Hidrolândia (GO), Paulo Sergio, considerou o evento bom, mas ainda acha necessário ter mais ação. “Os prefeitos querem decisões mais rápidas. Que o governo tenha dó de onde vive os cidadãos” se indigna o gestor.

Já a prefeita de Volta Grande (MG), Eliana Quintão, afirmou que as expectativas em relação à aprovação dos 2% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) são as maiores possíveis. “Eu não saio daqui sem respostas para os cidadãos” afirma a prefeita.

 

Esperança

“A experiência tem me mostrado que é necessário haver uma mobilização permanente. Os compromissos já foram quebrados antes” diz o prefeito de Afonso Bezerra (RN), Jackson Bezerra. Ele ainda complementa sua fala dizendo que só o resultado da luta aumentará o fortalecimento dos Municípios.

Trizidela do Vale, no Maranhão, foi representado por uma comitiva com vários vereadores, prefeito e vice-prefeito. O vereador Adoniran Judson Acirlei acredita no aumento do FPM para melhorar as áreas da Educação, Saúde e Infraestrutura.

Deixe um comentário

Rolar para cima