Políticos fazem propaganda antecipada disfarçada de saudações de fim de ano

mmPor ,22/12/2021 às 5:58, Atualizado em 27/12/2021 às 19:15

Propagandas eleitorais fora de época põem na rua candidaturas às eleições de 2022

Materiais de Hermeto, Jorge Vianna e Flávia Arruda. Fotos: Reprodução

Os formatos são criativos. Pode ser um vídeo nas redes sociais, um adesivo, um calendário de cartolina ou um grande outdoor de vinil. O objetivo é o mesmo: falar de si. Parece não haver limites para a propaganda eleitoral do pleito 2022.

A ministra-chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República, Flávia Arruda (PL), ataca de todas as formas: nas redes sociais, vídeos bem produzidos com a “Semana da Flávia”. 

Tem também do tradicional calendário de parede – proibido pela legislação eleitoral, pois configura doação de bens ao eleitor –, a imensos outdoors como os que foram instalados na EPAR e na EPTG, bem visíveis para quem ruma para o Aeroporto, Gama e Santa Maria, Taguatinga, Ceilândia e Águas Claras. 

Detalhes precisos marcam as peças. O nome de Flávia Arruda aparece ao lado de 2022. A cor é o tradicional verde e a logomarca de campanha, com um galho de arruda entrecortando a letra A, a mesma usada desde que seu marido ainda era elegível.

Distrital da Saúde

O deputado distrital, Jorge Vianna (Podemos) é mais singelo. Nem por isso, os adesivos que já estão sendo afixados em veículos de carros deixam de trazer o slogan “distrital da Saúde”.

Quem parece estar bem confortável é o distrital sargento Hermeto (MDB). Além de um mega outdoor no mergulhão do Balão do Aeroporto que dá acesso do Park Way à Epar, o parlamentar “envelopou” um ônibus inteiro com a sua marca e está circulando pela cidade. Na foto, ele foi flagrado numa Praça da Candangolândia.

O Ministério Público disse estar atento e que a Promotoria de Justiça Eleitoral, responsável pela Zona Eleitoral 10, que abriga Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Park Way e Riacho Fundo pode instaurar procedimento para apuração de irregularidade eleitoral e propaganda antecipada. 

É importante saber, também, se é dinheiro do contribuinte que está bancando toda essa propaganda.

Leia a matéria complesta no Blog do Chico Sant’anna

Leia mais no Brasília Capital

Deixe um comentário

Rolar para cima