Polícia vai ocupar favelas do Caju no domingo

bsbcapitalPor ,01/03/2013 às 13:13, Atualizado em 01/03/2013 às 13:13

Ação é o último passo antes da ocupação do vizinho Complexo da Maré Policiais monitoram do alto região da Favela da Rocinha, na inauguração da UPP (Antonio Lacerda/EFE) A Secretaria de Segurança do estado do Rio inicia, na madrugada deste domingo, a ocupação das 13 favelas do Complexo do Caju, na zona portuária da capital, para …

Polícia vai ocupar favelas do Caju no domingo Leia mais »

Ação é o último passo antes da ocupação do vizinho Complexo da Maré

Policiais monitoram do alto região da Favela da Rocinha, na inauguração da UPP

Policiais monitoram do alto região da Favela da Rocinha, na inauguração da UPP (Antonio Lacerda/EFE)
A Secretaria de Segurança do estado do Rio inicia, na madrugada deste domingo, a ocupação das 13 favelas do Complexo do Caju, na zona portuária da capital, para a futura implantação da 31ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Atualmente, as comunidades são dominadas por traficantes ligados à facção Comando Vermelho (CV). Cerca de 1.300 homens, sendo 1.100 policiais militares e civis e 200 fuzileiros navais, participarão da ação. Este é o último passo antes da ocupação do vizinho Complexo da Maré, formado por 15 favelas que contam com 75.000 habitantes. Cortada pelas três principais vias expressas do Rio – Avenida Brasil e Linhas Vermelha e Amarela -, a Maré é rota obrigatória para quem chega ao Rio pelo Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, e precisa se deslocar em direção ao Centro ou à Zona Sul da cidade.
Ao contrário dos Complexos da Penha e do Alemão, quando todas as comunidades foram ocupadas de uma só vez, na Maré as favelas serão ocupadas aos poucos.
Fonte: Veja Online
Sites e Blogs

Deixe um comentário

Rolar para cima