Parlamentares tentam barrar privatização da CEB

bsbcapitalPor ,25/11/2020 às 18:54, Atualizado em 25/11/2020 às 18:54

Senadores, deputados federais e distritais entram com ação no TJDFT contra a venda da empresa

Os três senadores do Distrito Federal – Leila Barros (PSB), Reguffe (Podemos) e Izalci Lucas (PSDB) –, os deputados federais Israel Batista (PV), Erika Kokay (PT) e Paula Belmonte (Cidadania), e os distritais Fábio Félix (Psol) e Arlete Sampaio (PT) ingressarão com mandado de segurança contra a privatização da Companhia Energética de Brasília (CEB).

Para os parlamentares, a CEB Distribuição não pode ser vendida sem a anuência da Câmara Legislativa. Por isso, eles irão juntos, na quinta-feira (26), às 12h30, ao Tribunal de Justiça (TJDFT) solicitar a suspensão da deliberação da 103ª Assembleia Geral Extraordinária da empresa, ocorrida em 13 de outubro, que autorizou a venda da CEB Distribuição. Dessa forma, ficaria automaticamente suspensa a realização do leilão, marcado para 4 de dezembro.

Deixe um comentário

Rolar para cima