Papa Francisco reformula procedimentos para anulação de casamento

BSB Capital 08/09/2015 às 9:02, Atualizado em 08/09/2015 às 9:02

  Documento foi registrado nesta segunda-feira mas detalhes só serão conhecidos na terça-feira Os complicados procedimentos para anular um casamento promovido pela Igreja Católica foram reformulados pelo papa Francisco nesta segunda-feira, segundo declaração do Vaticano. A medida era esperada por casais que se divorciaram e voltaram a se casar sem a anuência da instituição. Na …

Papa Francisco reformula procedimentos para anulação de casamento Leia mais »

2015-824550049-2015-823624757-20150610055601037afp.jpg_20150610.jpg_20150613
 
Documento foi registrado nesta segunda-feira mas detalhes só serão conhecidos na terça-feira

Os complicados procedimentos para anular um casamento promovido pela Igreja Católica foram reformulados pelo papa Francisco nesta segunda-feira, segundo declaração do Vaticano. A medida era esperada por casais que se divorciaram e voltaram a se casar sem a anuência da instituição. Na semana passada, o pontifície já havia demonstrado que realizaria tais mudanças.

Nomeado de Motu Proprio ( “de sua própria iniciativa”, em latim), o documento foi redigido pelo papa e altera a maneira como os católicos podem obter as anulações. O seu conteúdo ainda não foi divulgado e os detalhes serão revelados nesta terça-feira durante coletiva de imprensa no Vaticano.

A anulação, conhecida formalmente como “decreto de nulidade”, é o veredicto de que um casamento não é válido nos termos da lei da Igreja porque certos prerrequisitos, como livre arbítrio, maturidade psicológica e disposição de ter filhos, não foram cumpridos.

A Igreja de 1,2 bilhão de fiéis não reconhece o divórcio. Os católicos que se divorciam e se casam novamente em cerimônias civis são considerados ainda casados com seu primeiro cônjuge e vivendo em pecado, o que os impede de receber sacramentos como a comunhão.


Leia mais:


Alemanha e França propõem cotas obrigatórias para acolhimento de refugiados


Lutadora de jiu-jítsu e MMA imobiliza ladrão em assalto no Maranhão


Apuração de chacina em SP expõe testemunhas que delataram PMs


Deixe um comentário

Rolar para cima